Conecte conosco

Brasil

BASEADOS NA “TEORIA DO FATO”, “COLEGAS DE MORO” NO TRF-4 CONDENAM LULA SEM PROVAS E AINDA AUMENTAM A PENA PARA 12 ANOS

Publicado

em

Simões Filho tá Mudando
56 anos de emancipação

Após nove horas de duração, a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, confirmou por unanimidade a condenação do juiz Sergio Moro contra o ex-presidente Lula.

A apelação do ex-presidente contra a condenação a 9 anos e 6 meses de prisão no caso do triplex do Guarujá foi negada, por unanimidade, pelos três desembargadores: o relator, Pedro Gebran Neto, o revisor, Leandro Paulsen, e Victor Laus.

Com base na “teoria do fato”, como foi dito ao longo da leitura dos votos dos desembargadores, que em dado momento chamaram o juiz da primeira instância, Sérgio Moro de “colega”, os juízes também aumentaram a pena de Lula para 12 anos e um mês.

Eles defendem que a pena seja executada logo após sejam esgotados os embargos no próprio tribunal, e não em instâncias superiores.

O julgamento é o primeiro fato que implica diretamente nas eleições presidenciais deste ano.

 

P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E

Copyright © 2017 Página Simões Filho