Conecte conosco

Eleições

EM VÍDEO, ACM NETO EXPLICA DESISTÊNCIA DA ELEIÇÃO 2018

Publicado

em

56 anos de emancipação

Após avaliar o impacto destruidor de sua decisão de não concorrer ao cargo de governador do estado da Bahia, o prefeito ACM Neto grava vídeo para explicar aos seus correligionários, as razões de sua desistência. Assista:

Juntos vamos trabalhar muito para construir o futuro de Salvador, da Bahia e do Brasil!

Publicado por ACM Neto em Terça-feira, 10 de abril de 2018

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E

Eleições

AFINAL, QUEM SÃO OS CANDIDATOS DE SIMÕES FILHO EM 2018

Publicado

em

Qeum são os candidatos de Simões Filho
56 anos de emancipação

Ao contrário do que muitos pensam, a definição dos nomes para candidatos a deputados estaduais representando o município de Simões Filho, ainda é incerta.

Três nomes estão postos, mas nenhum dos três provou, até o momento, que serão de fato e de direito, candidatos.

A vereadora Katia Cerqueira é mais cotada para ser a representante do grupo Dinha, no entanto, a mesma já declarou que não quer entrar na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa.

A decisão pela vereadora já teria sido feita, mas os acordos políticos que valeram para as eleições municipais de 2016, colocam sérios entraves para o lançamento da candidatura Katia Cerqueira.

O que teria sido “combinado” como o pré-candidato José Tude – ex-prefeito de Camaçari e Paulo Azi – deputado federal – candidato a reeleição, pode ser a razão pela demora na decisão do nome do candidato simõesfilhense, representante do Grupo Dinha.

Pelo lado oposto está o ex-prefeito Eduardo Alencar, o qual tem pendência jurídica que o colocou como inelegível.

A eleição do ex-prefeito, é dada como certa e a previsão é de que o mesmo obtenha algo próximo dos 90 mil votos, isso é claro, se até lá, conseguir se desvencilhar dos problemas jurídicos que fazem o mesmo perder o sono.

Por fim, temos o nome de Denyson Santana – ex-secretário de transportes de Simões Filho.

Denyson pretende sair candidato pelo PODEMOS, mas articulações de bastidores fizeram com que o mesmo ficasse sem seu nome lançado na relação de filiados ao partido.

Há quem diga que tais articulações teriam sido conduzidas pelo ex-prefeito juntamente com o atual presidente do partido, Danilo Gonçalves, para impedir que o mesmo consiga ser candidato. Se isso for verdade, algumas perguntas precisam de respostas:

Por que o ex-prefeito, que sempre foi aliado de Denyson, não iria querer que o mesmo concorrendo nas próximas eleições, em 2018, uma vez que estão em bases partidárias diferentes?

Seria esse, um ardiloso plano para que Danyson se visse, ao final, forçado a apoiar a provável candidatura do ex-prefeito, Eduardo Alencar?

Essas perguntas ainda não foram respondidas por nenhum dos lados e provavelmente não serão.

Das três pré-candidaturas, talvez a mais fácil de se concretizar seja, exatamente, a de Denyson Santana, caso o mesmo consiga resolver sua situação jurídica junto ao partido, o que ainda não está claro.

Em conversa com o mesmo, Denyson demonstrou confiança na decisão da justiça e afirmou que em breve, irá responder aquilo que todos querem saber: Denyson Santana, será candidato a deputado estadual?

Conclusão: Estamos a pouco mais de cinco meses das eleições e nada está definido no que diz respeito aos candidatos que irão concorrer para deputados estaduais, representando Simões Filho.

Nos resta, aguardar…

 

Continuar Lendo

Eleições

Rui em Pernambuco: “nosso povo precisa de emprego e buscaremos isso incansavelmente”

Publicado

em

Rui Costa - Foto: Álvaro Carneiro
56 anos de emancipação

“Nosso povo precisa de emprego e buscaremos isso incansavelmente. O Nordeste está unido e não vai baixar a cabeça. Mais uma vez, estamos apresentando ao governo federal reivindicações que continuam sendo ignoradas pela União”, afirmou o governador Rui Costa, nesta sexta-feira (18), após participar do 9º Encontro dos Governadores dos Estados do Nordeste, em Recife.

Como resultado do encontro, os gestores assinaram a Carta Aberta dos Governadores do Nordeste e de Minas Gerais, que apresenta demandas como a retomada das obras da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) e a liberação de linha de financiamento prometida no último mês de março, em reunião no Palácio do Planalto.

“Queremos o equilíbrio federativo, a retomada das obras da Fiol e a liberação da linha de financiamento da ordem de R$ 42 bilhões para os estados nordestinos. Chega de deturpações que prejudicam quem dá duro todos os dias por uma vida melhor e mora numa região cujo índice de pobreza ultrapassa os 40%. Enquanto não for feita justiça ao Nordeste, seguiremos na luta”, acrescentou Rui.

No total, a carta possui 11 reivindicações. Entre elas, a desvinculação da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) da Eletrobras, transformando-a numa empresa pública vinculada ao Ministério da Integração Nacional. Também fazem parte das demandas a rediscussão do equilíbrio federativo, a conclusão da transposição do Rio São Francisco e a retomada das obras das ferrovias Transnordestina e Norte-Sul. Leia a íntegra da carta neste link (bit.ly/2Lcne2E).

Continuar Lendo

Eleições

COMEÇA A SEXTA CAMPANHA DE LULA À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

Publicado

em

COMEÇA A SEXTA CAMPANHA DE LULA À PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA
Lula em caravana pelo nordeste - Foto: Leonardo Stuckert
56 anos de emancipação

247 – O Partido dos Trabalhadores vai lançar uma plataforma online de arrecadação de doações para a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva. Apenas o nome de Lula será apresentado num primeiro momento e os outros candidatos terão suas próprias plataformas de arrecadação, informou um integrante da Executiva Nacional do partido. A direção da legenda já aprovou uma resolução destinando a maior parte dos recursos dos fundos eleitoral e partidário para a campanha do ex-presidente. Será a sexta campanha de Lula à presidência da república e a oitava do PT (das quais, venceu quatro).

“Entre o final de maio e início de junho, o partido programa mais um ato de “lançamento” da pré-candidatura do petista. A expectativa, desta vez, é apresentar uma síntese do programa de governo, que está sendo coordenado pelo ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, com auxílio do economista Márcio Pochmann e do ex-deputado Renato Simões. A legenda pretende registrar a candidatura de Lula em agosto e manter o registro até decisão final da Justiça Eleitoral. Em evento nesta segunda-feira, integrantes do partido reforçaram a estratégia.

“Nosso candidato a presidente é o Lula e plano B é luta pra valer, não tem outra coisa”, discursou o coordenador nacional do Movimento Sem Terra (MST), João Paulo Rodrigues. Setores da legenda chegaram a cogitar a ideia de lançar um nome para ser vice de Lula e herdar os votos do ex-presidente após uma impugnação. A cúpula da legenda, no entanto, resiste à proposta entendendo que a estratégia seria admitir uma alternativa a Lula.

Lei mais aqui.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho