Conecte conosco

Brasil

UM DIA NA HISTÓRIA DO GOLPE: GASOLINA CHEGA A R$ 7 EM RECIFE, E AI?

Publicado

em

Gasolina a 7 reais
Simões Filho tá Mudando
 

Preço fica mais caro se for colocado no cartão. No débito, valor vai a R$ 7,04. No crédito, 7,19.

Na FolhaPE – O preço da gasolina passou de R$ 7, nesta quarta-feira (23), no Posto Túnel da Abolição, com bandeira Petrovia, localizado na rua João Ivo da Silva, no bairro da Madalena, na Zona Oeste do Recife. O valor do litro do combustível, no local, custa R$ 6,99. O valor sobe quando é colocado no cartão: R$ 7,04, no débito; e R$ 7,19, no crédito.

O valor chamou a atenção de quem passou pelo local. Algumas pessoas desistiram de abastecer o veículo. O cantor Almir Rouche pagou R$ 50 por, aproximadamente, 7 litros de gasolina. Após a chegada da reportagem do FolhaPE, os frentistas fecharam o posto. No entanto, ele foi reaberto após a saída da equipe de reportagem.

Por meio de nota, a Petrovia Combustíveis informou que não orientou nenhum posto com sua marca a alterar os preços e que entrou em contato com o revendedor do posto da Madalena para entender o que ocorreu. Ainda segundo a empresa, o proprietário do Posto Túnel da Abolição percebeu o erro na estratégia de preçoe fechou o local no início da tarde.

Confira a nota da Petrovia na íntegra:

Tendo em vista a repercussão nas mídias sociais, a Petrovia Combustíveis vem esclarecer que não orientou nenhum posto de combustível que ostenta sua marca a alterar os preços em virtude da crise de abastecimento instalada no País. Após conhecimento do fato, a Petrovia entrou em contato com o revendedor envolvido para entender o que estava ocorrendo, tendo o mesmo percebido o erro na sua estratégia de preço e fechado o posto por falta de combustível.

A Petrovia reafirma o compromisso com seus clientes mantendo os revendedores em condições comerciais competitivas, assim como com a qualidade de seus produtos.

Aproveitamos para desejar que a crise de abastecimento que assola o país seja resolvida brevemente, afim de que interrompa o prejuízo suportado pela Sociedade.

Petrovia Combustíveis

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

#Viral

Burger King faz comercial na TV para combater o voto em branco nas eleições

Publicado

em

Eleitores provam hambúrguer “branco”. Lanche só tem pão, cebola e maionese.

A rede de lanchonetes fast food Burger King entrou na campanha eleitoral deste ano com 1 filme no qual estimula as pessoas a não votar em branco.

No comercial que começou a ser veiculado na noite deste domingo (30.set.2018), o Burger King pergunta em quem algumas vão votar. Muitos respondem que votarão em branco. A cenas são gravadas na loja que a rede tem da avenida Paulista, em São Paulo.

O Burger King instalou na calçada uma espécie de urna na qual os consumidores podiam optar se votam em algum candidato ou se votam em branco.

Ao final da enquete, a empresa oferece 1 hambúrguer “Whopper em Branco” para quem disse que vai votar em branco. O lanche só tem o pão, cebola e maionese.

Todos os que provam o “Whopper em Branco” estranham e dizem que não gostaram.

No papel usado para embalar o hambúrguer está escrito: “Este é o ‘Whopper em Branco’, 1 sanduíche com ingredientes escolhidos por outra pessoa. E quando alguém escolhe no seu lugar, não dá para reclamar do resultado”.

O filme de 1 minuto passou pela primeira vez durante 1 dos intervalos do debate entre candidatos a presidente na TV Record. A produção foi da agência David.

Continuar Lendo

Brasil

VÍDEO – assista nova propaganda do PT: Lula é Haddad 13

Publicado

em

Continuar Lendo

Brasil

NO EGITO ELA DUROU DOIS MIL ANOS, NO BRASIL NÃO CHEGOU A 200

Publicado

em

sha-amun.em-su

Talvez muita gente ainda não se tenha dados conta da tragédia com o MUseu Nacional do Rio de Janeiro.

Trata-se de algo que nos ENVERGONHA COMO NAÇÃO.

Sha-amun-em-su sobreviveu intacta em seu ataúde poe 2 milênios anos.

No Brasil, não durou 2 séculos.

 

 

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho