Conecte conosco

Últimas do Dia

JOSÉ DE ABREU: BRASILEIRO ESTÁ COM VERGONHA DO VERDEAMARELO

Publicado

em

Simões Filho tá Mudando

O ator José de Abreu posta um tuíte em que constata a completa desilusão do brasileiro com as cores da bandeira. Abreu brinca com o pânico que a direita fóbica sempre manifestou a respeito da cor vermelha e diz: “Nossa bandeira nunca será vermelha. Parece que não será mais amarela também. A 3 dias da copa o brasileiro está com vergonha do símbolo nacional. Olha o que um golpe faz…

“Nossa bandeira nunca será vermelha.” Parece que não será mais amarela também. A 3 dias da copa o brasileiro está com vergonha do símbolo nacional. Olha o que um golpe faz…

 

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Brasil

DEPUTADOS AUTORIZAM ENTREGA DO PRÉ-SAL

Publicado

em

Deputados autorizam entrega do pré-sal
Simões Filho tá Mudando

O golpe continua a todo vapor e, nesta quarta-feira 20, a base do governo Michel Temer aprovou o projeto de lei que permite à Petrobras transferir até 70% de seu direito de exploração de 5 bilhões de barris de petróleo na área de cessão onerosa.

Leia abaixo reportagem da Agência Câmara:

Deputados aprovam permissão para Petrobras negociar áreas do pré-sal; falta votar destaques

Após a rejeição de requerimentos protelatórios, o Plenário aprovou, por 217 votos a 57 e 4 abstenções, a proposta que permite à Petrobras transferir até 70% de seu direito de exploração de 5 bilhões de barris de petróleo na área de cessão onerosa.

O texto aprovado é um substitutivo do deputado Fernando Coelho Filho (DEM-PE) para o Projeto de Lei 8939/17, do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA).

A matéria também disciplina critérios para a revisão do contrato de cessão onerosa entre a União e a Petrobras.

Os deputados debatem, agora, os destaques apresentados ao texto. O primeiro deles é do PSB e pede aprovação de emenda do deputado Tadeu Alencar (PSB-PE) prevendo a proibição de a Petrobras transferir áreas com unidades de produção contratadas e construídas pela empresa até 31 de dezembro de 2018.

Brasil 247

Continuar Lendo

Esportes

Brasil decepciona e reclama de arbitragem na largada na Copa 2018

Publicado

em

Simões Filho tá Mudando

Em um jogo fraco e com arbitragem polêmica, o Brasil ficou no empate em 1 a 1, neste domingo, 17 de junho de 2018, no estádio Rostov, em partida válida pelo Grupo E da Copa do Mundo da Rússia.

O clima de Copa do Mundo tomava conta das arquibancadas por todo o estádio, mas dentro de campo, esperava-se mais da seleção brasileira. É claro que a ansiedade e o nervosismo são comuns em início de competição, ainda mais quando o assunto é Copa. Porém, os comandados de Tite enfrentaram muita dificuldade na armação de jogadas e pouco conseguiram criar.

Apesar das dificuldades, Neymar, Willian, Philippe Coutinho e companhia, buscaram a todo momento abrir o placar e aos 20 minutos, após rebote da defesa da Suíça, Philippe Coutinho arriscou de fora da área e marcou um verdadeiro gol de placa.

A bola explodiu no poste e foi parar no fundo da rede. Festa da torcida brasileira na Rússia. “O campeão voltou”, gritavam os brasileiros.
No primeiro tempo, o Brasil correu poucos riscos. O goleiro Alisson nem sujou o uniforme. Lá na frente, mesmo com rapidez, a equipe brasileira acabou tendo apenas mais uma chance. O volante Paulinho apareceu como elemento surpresa na área e quase deixou a sua marca.

No segundo tempo, a defesa brasileira deu mole logo aos quatro minutos. Após cobrança de escanteio, Zuber subiu na pequena área, deu um empurrão “malandro” no zagueiro Miranda e cabeceou pra rede. A arbitragem validou o gol pra festa dos suíços. Os brasileiros ficaram na bronca.

Sem conseguir criar melhores oportunidade, o técnico da seleção – Tite, optou por trocas, mas as mesmas não deram resultado. E a torcida espalhada por todo o Brasil ficou com a certeza de que a jornada é longa e o caminho é difícil de percorrer. Resta torcer no próximo jogo que será decisivo para a continuidade da equipe brasileira na competição.

Continuar Lendo

CIDADES

Prefeitura promove ação educativa contra a poluição sonora em Simões Filho

Publicado

em

Simões Filho tá Mudando

A Prefeitura de Simões Filho, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), em parceria com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Polícia Militar (PM) e Guarda Municipal (GM), está realizando ações educativas de conscientização e combate à poluição sonora, que é considerada crime ambiental.

Na campanha Educasom – realizada no último final de semana, agentes da Seduma, Semop, PM e GM alertaram os motoristas, que possuem caixas de som, e responsáveis por bares, sobre a legislação vigente, níveis de decibéis permitidas e sobre os transtornos ocasionados pela poluição sonora. A ação foi realizada no Centro, Ponto de Parada, CIA I, Via Universitária, Major Tapioca, Km 25, Km 30, Ilha de São João e Aratu.

De acordo com a Lei Municipal n° 940, de maio de 2014, são vedadas a produção de ruídos acima do limite que a legislação impõe, através dos órgãos, Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA e a ABNT, além de incômodos de qualquer natureza, capaz de prejudicar a segurança, a saúde, o bem-estar e o sossego público ou da vizinhança.

A legislação rege, ainda, que os níveis máximos de sons e ruídos, de qualquer fonte emissora e natureza, em empreendimentos e atividades residenciais, comerciais, de serviços, institucionais ou especiais, públicas e privadas, assim como em veículos automotores obedecerão aos níveis de decibéis que variam de 60 dB (sessenta decibéis) entre 22h e 07h e de 70 dB (setenta decibéis) entre 07h e 22h.

Segundo a secretaria, as ações devem acontecer de forma continuada no município e, além do viés educativo, têm a função de fiscalização e controle do sossego público.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam a poluição sonora como o terceiro maior problema ambiental em todo o mundo. Mais do que barulho, esses ruídos podem causar também prejuízos à saúde humana. Estresse, dificuldades de concentração, fadiga, irritabilidade, aumento da pressão arterial e insônia estão entre as complicações decorrentes do excesso e intensidade dos ruídos.

A Campanha “Educasom” – Poluição Sonora

O objetivo da Campanha é a mobilização visando esclarecer aos responsáveis por: bares, clubes, restaurantes, casas de shows, igrejas, dentre outros, sobre os efeitos do excesso de som na saúde e suas implicações legais. Promover Seminário para discussão do tema e regularização dos estabelecimentos. Além de  adequar os Níveis de Som (decibéis) conforme Lei Municipal n° 870/2011, Código Municipal de Meio Ambiente n° 940/2014 e Portaria n° 029/2017.

 

 

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho