Conecte conosco

Cultura

Morre aos 81 anos o sambista Wilson das Neves no Rio

Publicado

em

Simões Filho tá Mudando

Baterista de Chico Buarque desde 82, ele participou de cerca de 800 discos com grandes nomes da música, como Elza Soares, Roberto Carlos e Elis Regina. Ainda não há informações sobre o enterro.

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-globo-news/videos/v/morre-aos-81-anos-o-sambista-wilson-das-neves-no-rio-de-janeiro/6107221/

O Sambista Wilson das Neves morreu na noite deste sábado (26) no Rio de Janeiro. Ele lutava contra um câncer e estava internado em um hospital na Ilha do Governador. Conhecido e saudado no meio artístico pelo bordão “ô sorte”, Das Neves era baterista, instrumentista, compositor e cantor.

A informação foi confirmada pela página oficial do sambista no Facebook e no no Instagram.

“É com grande pesar que comunicamos a todos a partida do nosso grande mestre que foi tocar suas baquetas do outro lado. Ficaremos com as boas lembranças”, foi escrito em sua página no Facebook.

Diversos artistas prestaram homenagem a Wilson das Neves, como Chico Buarque, com quem ele tocava bateria desde 1982, e Zeca Pagodinho, que o chamou de “um dos mais importantes músicos brasileiros”. A escola de samba Império Serrano declarou luto oficial de três dias.

O velório de Wilson vai ser na quadra da escola de samba Império Serrano, a partir das 16h30 deste domingo. O sepultamento acontecerá no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, às 10h desta segunda-feira (28).

Mestre Wilson das Neves

Uma publicação compartilhada por Chico Buarque (@chicobuarque) em

Wilson das Neves nasceu no Rio de Janeiro, começou a carreira profissional aos 18 anos e participou de cerca de 800 discos com grandes nomes da música, como Elza Soares, Roberto Carlos e Elis Regina, de acordo com a GloboNews.

Segundo o colunista de música do G1 Mauro Ferreira, Das Neves era “querido em todo o meio musical”, “conhecido no universo da música brasileira como o excepcional baterista que tocava com ícones da MPB como Chico Buarque” e virou cantor aos 60 anos.

O sambista Wilson das Neves morreu aos 81 anos no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/Facebook)

O sambista Wilson das Neves morreu aos 81 anos no Rio de Janeiro (Foto: Reprodução/Facebook)

Em 1996, o artista se lançou como cantor com o aclamado álbum ‘O som sagrado de Wilson das Neves’. Neste disco, Das Neves apresentou ‘O samba é meu dom’ – parceria com Paulo César Pinheiro que se tornou um clássico com o passar dos anos – e gravou com Chico Buarque, parceiro e convidado da música ‘Grande hotel’.

De lá para cá, foram mais três álbuns – ‘Brasão de Orfeu’ (2004), ‘Pra gente fazer mais um samba’ (2010) e ‘Se me chamar, ô sorte’ (2013) – como cantor e compositor, parceiro de bambas como Nelson Sargento, Aldir Blanc, Chico Buarque e o recorrente Paulo César Pinheiro.

O assessor de Chico Buarque, Mario Canivello, lamenta a morte de Wilson das Neves, bateirista e parceiro do cantor (Foto: Reprodução/Instagram)

O assessor de Chico Buarque, Mario Canivello, lamenta a morte de Wilson das Neves, bateirista e parceiro do cantor (Foto: Reprodução/Instagram)

do G1

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E

Cultura

Regulamento do Fundo Municipal de Cultura é tema de Audiência Pública

Publicado

em

Simões Filho tá Mudando

A Prefeitura de Simões Filho, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secut) e  Conselho Municipal de Cultura (CMC), realiza Audiência Pública nesta quarta-feira (16), às 17h30, no auditório do Centro Social.

O encontro é aberto ao público, em especial artistas, grupos e produtores culturais do município.

Durante o encontro, será apresentado e colocado em apreciação o “Regulamento do Fundo Municipal de Cultura”, importante ferramenta para o incentivo a Cultura local, e que faz parte do Sistema Municipal de Cultura.

Após a audiência, o Regulamento seguirá para o Gabinete do Executivo, onde será analisado, transformado em decreto e publicado em Diário Oficial.

 

A sua participação é fundamental!

Continuar Lendo

Cultura

PRINCESA AFRICANA VISITA SIMÕES FILHO

Publicado

em

Princesa africana visita Simões Filho
Simões Filho tá Mudando

A princesa Iya Adedoyin Talabi Faniyi  (nascida Olayiwola-Olosun) visitará a cidade de Simões Filho e será recebida com festa pela comunidade Quilombola de matriz africana em Pitanga de Palmares logo pela manhã no Quilombo Caipora, que é liderada por Bernadete Pacífico.

A princesa Iya Adedoyin é sacerdotisa de Oxum em Osogbo, na Nigéria.

 DIÁLOGOS BRASIL-NIGÉRIA

No último dia 7 de maio, o auditório Raul Seixas da faculdade de Filosofia da UFBA foi palco do encontro entre duas renomadas sacerdotisas de Oxum: Mãe Valquíria d’Oxum da Casa de Oxumarê e a princesa Adedoyin Olosun, sacerdotisa de Osun em Osogbo, na Nigéria. O evento “Diálogos Brasil-Nigéria” com o tema “Quem é Oxum?”, para falar sobre a religião e a cultura africana na diáspora, foi promovido na última sexta (4), pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFBA (PPGA) e pelo Goethe-Institut Salvador-BA.

Para a princesa, falar sobre este tema dentro da universidade de outro país é valorizar os saberes religiosos.

“Compartilhar o conhecimento aqui é a mesma coisa que compartilhar o conhecimento na Nigéria ou em qualquer outro lugar no mundo. Esse espaço é feito para compartilhar os conhecimentos que os ancestrais deixaram para nós. É um prazer participar desses encontros, eles ajudam a reunir e espalhar esses conhecimentos”, disse.

Mãe Valquíria d’Oxum, uma das mais antigas e prestigiadas figuras do candomblé baiano, hoje com 76 anos, foi iniciada no candomblé aos 17. Ela tem o posto de Olopondá, cuida da casa e tudo relacionado a Xangô. Ao ser perguntada sobre sua relação com Oxum, a sacerdotisa brasileira foi enfática:

 

“Pra mim é tudo, até quando eu respiro, eu me lembro de Oxum. É um orixá que eu tenho muito amor por ela ter me escolhido para ser filha dela”.

Leia matéria completa,clicando aqui.

Continuar Lendo

Cultura

SIMÕES FILHO: ABAYOMI REALIZA O CONCURSO QUEEN 2018

Publicado

em

simoes-filho-realiza-concurso-queen-2018
Simões Filho tá Mudando

A construção de uma sociedade justa e igualitária é feita todos os dias. Nesse sentido, aconteceu nesta sexta-feira (11), o primeiro concurso Queen Abayomi 2018.

“Todos os dias, nós mulheres temos que lutar por igualdade de direitos. Só nós sabemos o quanto é difícil as nossas conquistas. Mas juntos podemos mais e somos mais fortes. Esse encontro reforça a força e a beleza da raça predominante no nosso país”, ressaltou Kátia Oliveira, primeira-dama e vereadora.

O concurso contou com o apoio da Prefeitura Municipal de Simões Filho e foi dividido em etapas. A grande final, elegeu Jamile Santos como a Queen Abayomi 2018, em segundo lugar Sheilla Santos e o terceiro lugar, Jamile Marley.

“Estou extremamente agradecida a todos que nos apoiaram para a realização desse movimento de preto. A nossa cidade linda é cheia de beldades. Mas a nossa voz fala mais que beleza, nós gritamos por liberdade e igualdade de gênero e raça. Buscamos o nosso lugar ao sol e muitas vezes só conseguimos isso com a valorização da nossa gente”, pontuou Gabriela Mel Girassol, presidente da Instituição Entidade Abayomi. 

encontro reúne grandes nomes da luta por igualdade de direitos, movimentos sociais negro, coreógrafos, ativistas sociais, além da primeira dama e vereadora Kátia Oliveira, os secretários municipais de Esporte, Lazer e Juventude – Sirliane Ribeiro, Governo – Edson da Kipão e Políticas Publicas para Mulheres – Andrea Almeida, assessora de comunicação Vânia Santana e o superintendente de planejamento Ferdnand Andrade.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho