Conecte conosco

Brasil

PROJETO FAMÍLIA: MAGNO MALTA O DEFENSOR DA “FAMÍLIA” SE SEPARA MAIS UMA VEZ

Defender a família é discurso para enganar otários

Publicado

em

Magno Malta e a cantora gospel e deputada Lauriete
Programas Sociais

A Folha do Espírito Santo, um dos maiores jornais do estado, noticiou a separação do ex-senador Magno Malta, que é pastor, e a cantora gospel Lauriete, que é deputada federal.

A separação seria um caso da esfera privada não fosse o fato de que, quatro anos atrás, os dois tivessem abandonado os respectivos casamentos anteriores e se unido, num ato que teve repercussão política e religiosa.

O primeiro marido de Lauriete, Reginaldo Almeida, era (e é) vereador, igualmente pastor, e pertencia ao grupo político na época liderado por Malta, no PR.

Houve notas plantadas em jornal que, levianamente, levantavam a hipótese de traição do então marido de Lauriete com outro homem.

Baixaria, mas que, para o eleitorado evangélico, servia como justificativa para o fim do casamento.

Desta vez, as notas plantadas registram que o motivo da separação seria a traição de Magno Malta com uma mulher gaúcha.

Também seria assunto da esfera privada de Magno Malta não fosse o fato de que ele é um ardoroso defensor dos valores da família (foi chefe da ministra Damares Alves), o que faz de notícias como esta chocantes para seu eleitorado evangélico.

Segue um trecho do relato do repórter Jackson Rangel Vieira:

O ex-senador, segundo fontes próximas do casal, estava tendo um caso com uma mulher gaúcha e Lauriete teria descoberto, sendo o ponto final do segundo casamento dos dois.

O ocorrido foi logo após as eleições. Ele, mesmo sendo a causa do rompimento, entrou em depressão e estaria preparando um apartamento para morar. No intervalo, ficou na casa de parentes.

2018, pode-se dizer, foi o “inferno astral” do ex-senador que pretendia ser até ministro da Família no governo Jair Bolsonaro (PSL), tendo como avalista o pastor Silas Malafaia. Foi expurgado por vários motivos.

No DCM

P U B L I C I D A D E
P U B L I C I D A D E

Copyright © 2017 Página Simões Filho