56 anos de emancipação
ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Após assembleia , funcionários dos Correios continuam greve na Bahia

Após assembleia , funcionários dos Correios continuam greve na Bahia 17 de setembro de 2011Leave a comment
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Nesta segunda-feira (19) uma outra assembleia será realizada na praça da Inglaterra às 17 horas

Após a assembleia, os funcionários dos Correios continuam em greve nesta sexta-feira (16) na Bahia. Segundo informações de Simone Soares, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos no Estado da Bahia (Sincotelba), a assembleia, realizada por volta das 17 horas na praça da Inglaterra, teve uma adesão muito boa.

“Quem não aderiu ontem, aderiu hoje”, disse a presidente.

Nesta segunda-feira (19) uma outra assembleia será realizada na praça da Inglaterra às 17 horas. Os servidores reivindicam um piso salarial de três salários mínimos ou R$ 400 reais incorporados ao salário.

“O nosso salário base é de R$ 806 e depois que desconta-se o INSS, FGTS o que sobre é muito pouco. Além disso, somente os carteiros que estão nas ruas recebem adicional, quem realiza trabalho interno não recebe nada”, explicou Soares.

Sobre a declaração do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, de que não haverá negociação enquanto houver greve, Simone declara: “Estamos há 45 dias em negociação e isso é tempo mais que suficiente para se chegar a uma proposta satisfatória para os funcionários. A nossa decisão é manter a greve para que haja um acordo”.

Sobre o funcionamento das agências, a presidente informou que a parte administrativa continua funcionando, assim como a entrega de remédios.


Funcionários dos Correios de todo o país aderiram à paralisação

Contas não serão adiadas
A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que não haverá prorrogação de prazos de pagamentos de cobranças não recebidas em função da greve dos Correios. As datas de vencimento, esclarece a Febraban, são determinadas pelas concessionárias de serviços públicos e empresas emissoras dos boletos.

Em comunicado, a entidade sugere que os clientes identifiquem os pagamentos recorrentes mensais, ou aqueles eventuais que poderão incidir no período da paralisação e, com essas informações, procurem as agências das concessionárias ou empresas emissoras dos boletos para solicitar a segunda via da cobrança.

“A Febraban observa ainda que o DDA – Débito Direto Autorizado, serviço bancário disponível desde 2009, elimina a necessidade do boleto impresso. Podem ser acessados eletronicamente pelos consumidores, sem o risco de extravio da correspondência e a alteração dos dados”, diz a nota.

 

Fonte : Correio24horas.com.br

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *