56 anos de emancipação
Futebol - VITÓRIA ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Em jogo quente, Vitória apenas empata com o Icasa no Barradão.

Em jogo quente, Vitória apenas empata com o Icasa no Barradão. 3 de setembro de 2011Leave a comment

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA – Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Partida é regida por faltas, cartões amarelos e expulsões.

O jogo começou quente, com muitas faltas e pouca criatividade, e foi justamente num lance de pouca magia que o Icasa abriu o placar. Aos 14’ minutos, Luiz Ricardo arriscou um chute de longe, Fernando espalmou pra frente, e João Sales, aproveitando o rebote, inaugurou o marcador no Barradão.

Após o gol, o jogo esquentou. Os dois times disputavam os lances com muita vontade, e o resultado de força excessiva em lances comuns você já deve saber, confusão. Neto Baiano já havia se estranhado com o goleiro do Icasa, Marcelo Pitol, aos 20’ minutos, quando depois de uma disputa de bola, o arqueiro se jogou no chão e simulou agressão para que Neto fosse punido pelo árbitro, ato que não agradou o camisa 9 do Vitória, que ironizou o goleiro batendo palmas e proferindo palavrões contra o adversário.

Sete minutos depois, barraco armado. Neto Baiano se estranhou com Marino, os dois jogadores trocaram empurrões, e quando Marquinhos tentou afastar os jogadores, outros atletas do Icasa foram pra cima do camisa 11 do Vitória, desencadeando a confusão. Empurrão pra lá, palavrão pra cá, cartão mesmo só sobrou para Uelliton, do Vitória, e Guto, do Icasa, que levaram amarelo.

Voltando ao futebol, o Vitória quase empatou a partida aos 38’ minutos, quando voltou a chegar com real perigo à área adversária. Marquinhos cobrou escanteio pela esquerda, a zaga do time cearense afastou e Uelliton emendou uma bicicleta de fora da área, obrigando Marcelo Pitol a fazer grande defesa. O Icasa respondeu um minuto depois. João Sales recebeu a bola próximo a linha da grande área e virou batendo, Fernando, dessa vez ligado no lance, espalmou para escanteio. Após quatro minutos de acréscimo dados pelo árbitro, o Vitória foi para o vestiário em desvantagem no marcador.

O segundo tempo foi quente. Aos 15’ minutos, Neto Baiano recebeu lançamento, dominou a bola e ficou cara a cara, sem marcação, com Marcelo Pitol. O atacante então escolheu o canto e chutou pra fora, perdendo o gol de forma inacreditável.  Um minuto depois, expulsão. Guto recebeu a bola pela esquerda, foi pra cima de Alison, perdeu o lance e, para não perder a viagem, fez falta no zagueiro do Vitória. Como já havia levado cartão amarelo no primeiro tempo, o árbitro aplicou a segunda advertência e expulsou o jogador de campo.

O jogo seguiu duro e faltoso, com vários cartões amarelos. Sem esboçar nenhuma vontade de ampliar o marcador, o Icasa só viu o Vitória jogar durante todo o segundo tempo, mas o time rubro-negro só conseguiu empatar o jogo com 40’ minutos, e do modo mais fácil. Fábio Santos recebeu passe dentro da área e sofreu falta de Janílson, pênalti. O lateral esquerdo do Icasa ainda recebeu o cartão amarelo pela infração cometida. Neto Baiano pegou a bola, chamou a responsabilidade e bateu com categoria para empatar a partida. Após o gol, Janílson foi reclamar com o árbitro pela marcação da falta. O lateral acabou levando o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Depois do gol os ânimos não se acalmaram, os dois times até tentaram criar oportunidades para o desempate, mas, sem sucesso, viram o árbitro apitar fim de jogo depois de cinco minutos de acréscimo.  Depois do apito final ainda houve nova confusão entre os dois times, discussões e empurrões regeram o pós-jogo no Barradão.

CAMPEONATO BRASILEIRO – SÉRIE B

21° RODADA

VITÓRIA 1 X 1 ICASA

Local: estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data: 03 de setembro de 2011, sábado
Horário: 16h20
Árbitro: Flavio Feijo de Omena (AL)
Assistentes: Adeilton Guimarães da Hora (AL) e Ailton Farias da Silva (SE)

VITÓRIA: Fernando; Nino Paraíba, Alison (Fábio Santos), Maurício e Fernandinho; Neto Coruja (Geovanni), Uelliton, Mineiro e Lúcio Flávio (Geraldo); Marquinhos e Neto Baiano.
Técnico: Vagner Benazzi

ICASA: Marcelo Pitol; Guto, Ramon, Everaldo e Janílson; Luiz Henrique, Luiz Ricardo, Marino e Diego Palhinha (Diogo); Marciano (Alex Afonso) e João Sales (Eliélton).
Técnico: Márcio Bittencourt

Fonte: radiometropole.com.br

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA – Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *