TEM UMA SIMÕES FILHO MELHOR
Esportes Futebol - VITÓRIA

Em duelo ‘molhado’, Vitória fica no empate com o Guarani

Em duelo ‘molhado’, Vitória fica no empate com o Guarani 10 de setembro de 2011Leave a comment
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Time baiano pressiona, cria boas chances, mas perde nova oportunidade de encostar no G-4. Sistema de irrigação se destaca no jogo

Noite sonolenta para o torcedor que acompanhou o jogo do Vitória. Nesta sexta-feira (9), em Araraquara, o Rubro-negro não passou de um empate sem gols com o Guarani, que briga para não ser rebaixado. Em meio a algumas chances criadas, o que chamou atenção durante o jogo foi o sistema de irrigação do gramado, que foi acionado subitamente no primeiro tempo e esfriou completamente os ânimos dos jogadores.

O resultado mexeu pouco com o time baiano na tabela. O Rubro-negro continua em sexto com 32 pontos, a dois do G-4, mas com um jogo a mais. Já o Bugre chegou aos 24, saiu da zona de rebaixamento e assumiu a 16ª colocação. O Vitória volta a campo na próxima terça (13), quando enfrenta o Duque de Caxias, às 20h30, no Barradão. No mesmo dia, o Guarani visita o Boa Esporte. Os jogos são válidos pela 23ª rodada da Série B.

O jogo – A julgar pela má campanha do Guarani na Série B, seria fácil para o Vitória imprimir seu ritmo de jogo no estádio Fonte Luminosa. Mas mesmo com um time deficiente, foi o Bugre que criou as melhores chances do jogo. Aos oito minutos, Felipe cobrou falta com perigo e Fernando fez boa defesa. Mas o Vitória, mesmo recuado, respondeu à altura. Aos 16, Nino Paraíba cruzou na área do Guarani e Neto cabecou com perigo.

Depois de um início aberto, a partida ficou morna e truncada. Para esfriar de vez, o sistema de irrigação ligou de maneira súbita e atrasou a partida em um minuto. Emoção só aos 37 minutos, quando Carlinhos cruzou na área, a bola desviou em Uelliton e Fernando teve que se esticar todo para evitar o primeiro dos paulistas. Aos 42, o Guarani chegou a marcar com Gabriel, que completou cruzamento de Felipe em cobrança de falta. Mas o assistente flagrou impedimento do zagueiro na hora do cabeceio.

Pela disposição das duas equipes, o segundo tempo prometia mais movimentação e jogadas de perigo. E o Vitória logo mostrou as garras. Aos dez minutos, Neto Baiano chutou da entrada da área e a bola tirou tinta do travessão. Aos 20, o atacante passou por dois marcadores, saiu na frente do goleiro e chutou por cima do gol. À medida que o Guarani dava espaços, o Leão insistia em abrir o placar. Desta vez com Marquinhos, aos 22, a bola bateu na trave.

Mesmo pressionando o Guarani, o Vitória não tinha eficiência na pontaria para abrir o placar. Em busca do triunfo, Benazzi colocou Geovanni e Rychely no jogo, mas não houve muitas mudanças. Mesmo abafado, o Guarani conseguiu sair do sufoco e tentou aos 35 minutos. Denilson arriscou de longe e Fernando segurou firme. Já sem fôlego para pressionar, o Vitória tentou aos 43 em cobrança de falta. Fernandinho colocou na área e Maurício cabeceou para fora. Apito final e 0 a 0 no placar.

Guarani 0 x 0 Vitória – 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B
Data: 09/09/2011
Local: estádio Fonte Luminosa, em Araraquara
Árbitro: Adriano Milczvski (PR)
Assistentes: Ivan Bahn (PR) e Luciano Baum (PR)

Guarani: Emerson; Bruno Peres, Aislan, Gabriel e Carlinhos (João Paulo); Dadá, Mika, Renato (Rodrigo Paulista) e Felipe (Aislan); Denilson e Dairo. Técnico – Giba

Vitória: Fernando; Nino Paraíba, Alison, Maurício e Fernandinho; Uelliton, Neto Coruja (Mineiro), Preto e Lúcio Flávio (Geovanni); Marquinhos (Rychely) e Neto Baiano. Técnico – Vágner Benazzi

 

 

Fonte : Ibahia.com.br

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *