56 anos de emancipação
CIDADES Política

Entrevista com o secretário Colbert Martins após deixar a detenção

Entrevista com o secretário Colbert Martins após deixar a detenção 13 de agosto de 2011Leave a comment

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Uma operação da Polícia Federal (PF) prendeu 38 pessoas acusadas de um esquema de desvio de dinheiro do Ministério do Turismo. Dentre estes diversos funcionários do alto escalão da pasta, estava o secretário nacional de Desenvolvimento de Programas de Turismo, Colbert Martins. Este estava detido no Macapá desde a última terça-feira (10). Ontem (12) o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) decidiu soltar o ex-deputado federal.

Após deixar a detenção o Secretário fala sobre o ocorrido. Segundo as informações de Colbert o avião deixou Macapá na madrugada deste sábado chegando a Brasília no começo da manhã. Aproveitando a oportunidade o secretário agradeceu o apoio e a confiança dos feirenses.

Colbert esclareceu que chegou ao cargo no Ministério do Turismo no dia 16 de março e já no dia 13 de abril chegou a documentação para que fosse liberado os recursos do convênio em Macapá. Afirmando que não assinaria a documentação se houvesse alguma recomendação do Ministério Público, “Se tivesse qualquer nota do Tribunal de Contas da União (TCU) eu não teria assinado” disse Colbert Martins, foi por conta da assinatura que o nome do Secretário foi incluído entre os investigados e detido. O ex-deputado explica que esteve no Piauí para participar de um evento, e foi convidado pelo Ministro dos Esportes e do Turismo para que juntos fossem a uma festa para personalidades dos esportes, em São Paulo. Continuando, ele afirmou ao ‘Voz da Bahia’ que retornaria para Brasília no mesmo dia, mas ao chegar ao aeroporto de Congonhas o mesmo foi abordado por uma pessoa que tinha um mandado de prisão. “Eles diziam que era uma questão de rotina, padrão” afirmou Colbert quando se referiu ao momento em que foi levado para o departamento da Polícia Federal e ser algemado. Quanto à fotografia divulgada dos envolvidos na Operação Voucher, sem camisa e segurando um papel com a própria identificação, Colbert afirma ter ficado bastante chateado.

Fonte: www.vozdabahia.com.br

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *