TEM UMA SIMÕES FILHO MELHOR
Política Política ÚLTIMAS NOTÍCIAS

No aniversário de seu lançamento, PSD realiza na Bahia encontro nacional de líderes sindicais e sociais

No aniversário de seu lançamento, PSD realiza na Bahia encontro nacional de líderes sindicais e sociais 20 de março de 2012Leave a comment

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Evento reuniu mais de 500 pessoas, entre líderanças políticas e sindicais

Exatamente um ano depois de ter sido lançado, em evento realizado em Salvador, as principais lideranças do Partido Social Democrático (PSD) voltaram a se reunir nesta terça-feira (20/3), na capital baiana, para o Encontro Nacional “PSD – União Geral pelo Avanço Democrático”.

O fato foi lembrado pelo presidente do partido, Gilberto Kassab, durante a cerimônia de abertura, em que também estavam presentes o governador da Bahia, Jacques Wagner (PT), o vice-governador do Estado, Otto Alencar (presidente do diretório estadual do PSD), e o vice-governador de São Paulo, Guilherme Afif (presidente do Espaço Democrático, fundação do PSD para estudos e formação política). Também estavam presentes o líder da bancada federal do partido, deputado Guilherme Campos (PSD-SP), e deputados federais, estaduais, prefeitos, vereadores e lideranças de toda a Bahia.

Diante de um público estimado em mais de 500 pessoas, representando movimentos sindicais e sociais de 15 Estados, Kassab destacou a importância do encontro, onde se debate propostas que contribuam para a justiça social e a igualdade de oportunidades no Brasil, diretrizes que norteiam a elaboração do programa do PSD. Ele também agradeceu o governador baiano pelo apoio que vem dando ao partido desde a sua fundação.

Além de Jacques Wagner e Kassab, encontro teve a presença de líderes como Otto Alencar, Guilherme Afif e Ricardo Patah

Jacques Wagner, por sua vez, disse se orgulhar “de ter participado do processo de aproximação do PSD com o governo da presidente Dilma Rousseff. “Juntar os iguais é fácil, mas a política de verdade se faz conciliando os diferentes”, afirmou, lembrando que “quem quer fazer política não o faz com o fígado ou com dogmas e preconceitos”. Ele também fez votos de sucesso ao partido, afirmando esperar que o PSD consiga tempo de TV e fundo partidário, “pois é seu direito”.

 

O governador da Bahia, Jacques Wagner, destaca lealdade da parceria com PSD

Em sua participação na cerimônia de abertura, o vice-governador baiano Otto Alencar anunciou que, em Salvador, o PSD vai apoiar a candidatura do deputado federal Nelson Pelegrino, do PT, à Prefeitura da cidade. “A aliança entre PSD e PT na Bahia é marcada pela lealdade e transparência”, disse Alencar. Ele esclareceu que o apoio à candidatura do PT faz parte de um projeto consistente. “Não esperamos o ‘é dando que se recebe’, estamos construindo projetos para o progresso do País”, afirmou.

 

O vice-governador Otto Alencar: “PSD constroi projetos para o progresso do Brasil”

O encontro de Salvador foi presidido pelo sindicalista Ricardo Patah, coordenador de movimentos sociais do PSD e presidente da União Geral dos Trabalhadores. Ele falou sobre a importância de eventos como o desta terça-feira, onde lideranças de movimentos sindicais e sociais podem levar adiante o debate sobre os desafios impostos pela busca da justiça social e igualdade de oportunidades.

“Os militantes desses movimentos enfrentam esses desafios no cotidiano, mas no plano político-partidário isso ganha outra dimensão. O Brasil avançou muito, mas temos ainda um longo caminho a percorrer”, afirmou. Em sua opinião, o PSD vai crescer na medida em que atingir extratos populares e grupos organizados, “agregando energias poderosas na luta por uma sociedade mais justa”. Por tudo isso, afirmou Patah, “Gilberto Kassab está construindo um processo político extraordinário no País”.

 

Ricardo Patah, presidente da UGT

A programação do período da manhã foi encerrada com uma palestra do cientista político José Álvaro Moisés, sobre o tema “Movimentos sociais e partidos políticos – A interação possível”. Para ele, “é cada vez maior o apoio da sociedade brasileira à ideia de que democracia envolve igualdade e direitos das pessoas, mas cresce a desconfiança em relação aos partidos e ao papel do Congresso Nacional”. Ao mesmo tempo, disse, “o papel dos movimentos sociais vem sendo assumido pelas ONGs e pela participação popular na internet”. Por isso, em sua opinião, os movimentos sociais precisam recuperar o protagonismo para que a democracia avance, pois eles têm sensibilidade aguçada para as demandas da sociedade. “Só os movimentos sociais percebem os pontos de estrangulamento na formação de mão de obra qualificada”, exemplificou.

Palestra de José Alvaro Moisés (centro) teve como debatedores os sindicalistas José Ibrahim e Magno Lavigne.

Após o almoço, o Encontro Nacional de Salvador prosseguiu com o terceiro seminário da série que o Espaço Democrático vem realizando em vários Estados, que já teve eventos em Curitiba (PR) e Belo Horizonte (MG). Filiados e simpatizantes do partido de todo o Estado da Bahia participaram do evento, no qual o presidente do Espaço Democrático, Guilherme Afif, vice-governador de São Paulo, faz palestra sobre as propostas do PSD e as ferramentas virtuais que estão sendo colocadas à disposição dos militantes para debater as causas do partido na internet. Participaram dos debates o vice-governador baiano, Otto Alencar, e o vice-presidente da UGT, Roberto Santiago.

 

Guilherme Afif: “os brasileiros não gostam de radicalismo”.

Em sua palestra, Afif afirmou que o PSD vem sendo consolidado de forma a criar amplas oportunidades para que seus militantes atuem nas redes sociais e outros canais de informação da internet. “Para nós, os militantes estão ativos o tempo todo, e não apenas em época de eleições”, disse. Ele também falou sobre a pesquisa realizada pelo partido para conhecer as opiniões e anseios da população. Uma das conclusões da pesquisa, disse o presidente do Espaço Democrático, foi de que “o brasileiro não gosta de radicalismo”. Além disso, explicou, ficou claro também que a população valoriza bastante o empreendedorismo, com um grande número de pessoas que sonham em ter um negócio próprio (veja aqui um resumo dos resultados da pesquisa).

Na próxima segunda-feira (26/3), em Goiânia, o PSD realizará seu quarto seminário, em evento que reunirá as lideranças do partido em todo o Estado de Goiás.

fonte: psd.org.br

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *