TEM UMA SIMÕES FILHO MELHOR
Política

PT mostra unidade em torno da candidatura de Nelson Pelegrino

PT mostra unidade em torno da candidatura de Nelson Pelegrino 27 de setembro de 2011Leave a comment

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Desta vez, não haverá prévias, aquele velho e democrático instrumento que o Partido dos Trabalhadores costumava usar quando não havia consenso na hora de escolher seus candidatos a prefeito, governador e presidente. O deputado federal Nelson Pelegrino será mesmo escolhido por aclamação – e, tudo indica, sem contestação – candidato do PT a prefeito de Salvador.

Pelo menos é o que ficou claro no almoço realizado nesta segunda-feira (27), no restaurante Barbacoa, cenário normalmente escolhido pelos políticos quando desejam que seus encontros públicos se tornem mais públicos ainda. Lá, uma expressiva maioria dos deputados federais, deputados estaduais e vereadores de Salvador filiados ao partido se juntou à mesa para manifestar, entre uma garfada e um discurso, que a legenda está unida em torno de mais uma tentativa de conquistar o comando da terceira maior capital do país com o nome de Pelegrino na cabeça da chapa.

As bancadas compareceram em massa. Tanto que ficou mais fácil contar quem não apareceu: o senador Walter Pinheiro (que estava na Paraíba, participando de um seminário sobre o Plano Plurianual da União); os federais Emiliano José, Waldenor Pereira e Amaury Teixeira; os estaduais J. Carlos e Marcelino Galo; e o vereador da capital Dr. Giovanni, preso num plantão em Camaçari, onde é delegado de polícia.

Maturidade – Entre os pedidos de mais uma taça de vinho e mais um filé ao ponto, a expressão mais ouvida nos discursos foi: “O partido está maduro”. Ou seja: o PT, no caso das eleições municipais da capital, chegou a um nível de maturidade suficiente para escolher seu candidato sem disputas internas entre as diversas tendências e, o que é melhor, sem o perigo da competição de egos que, muitas vezes, as prévias alimentam.

O mote da maturidade soou bem aos ouvidos de Nelson Pelegrino, que repetiu a expressão várias vezes em seu discurso, fazendo eco aos oradores que o antecederam – entre eles Luís Caetano, prefeito de Camaçari e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB); Jonas Paulo, presidente estadual do partido; e os deputados Yulo Oiticica, Rui Costa e Zé Neto.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *