Conecte conosco

Notícias

Alimentos ricos em vitamina C ajudam a evitar doenças nos olhos

Publicado

em

MW Auto Peças 40 Anos

A saúde dos olhos é novamente tema do Bem Estar, a pedido dos telespectadores e internautas que mandaram muitas dúvidas sobre catarata, glaucoma, degeneração macular, moscas volantes e ceratocone, entre outros problemas.

Segundo o oftalmologista Samir Bechara e a pediatra Ana Escobar, a catarata não é uma doença, mas consequência natural do envelhecimento humano. O cristalino (uma das lentes) do olho se torna opaco, o que embaça a visão. E é possível operar a catarata assim que surgir o desconforto. Troca-se, então, a lente turva por uma artificial, feita de silicone ou acrílico.

Saúde dos olhos (Foto: Arte/G1)

No glaucoma, a visão periférica é comprometida, o que está diretamente ligado ao aumento da pressão ocular. Pode ser facilmente prevenido, com exames de rotina a partir dos 40 anos – ou menos, se houver casos na família.

Já na degeneração macular, a pessoa vê uma imagem através de uma espécie de “peneira”. Dependendo de onde está o foco, enxerga-se a imagem limpa ou com manchas pretas – que ocorrem mais na área central da retina, responsável por captar detalhes.

Uma alimentação rica em vitamina C (frutas como acerola, goiaba, kiwi e laranja) e medicamentos ajudam a prevenir a mácula. Proteger os olhos do sol também é importante, tanto contra essa doença quanto contra a catarata. E a cor da lente dos óculos não interfere no bloqueio dos raios ultravioleta, e sim os filtros e materiais de que ela é feita.

Olhos vermelhos
Os olhos ficam vermelhos e lacrimejantes quando o organismo envia sangue e água para eliminar agentes agressores. Como os vasos dessa região são cobertos por uma película transparente, após uma simples batida o sangue pode extravasar e surgir na parte branca (esclerótica).

Em geral, o vermelho causado por um trauma some após alguns dias, da mesma forma como um hematoma na pele. Esforço físico demais, asma e álcool também podem causar o rompimento de pequenos vasos sanguíneos nos olhos.

Já uma vermelhidão com coceira pode ser sinal de infecções e quadros alérgicos. Em caso de olhos vermelhos, não use colírio sem orientação médica.

Visão normal (Foto: Instituto Nacional de Saúde dos EUA/Divulgação)Imagem de uma visão normal (Foto: Instituto
Nacional de Saúde dos EUA/Divulgação)

Ceratocone
O ceracotone é uma doença degenerativa em que a córnea fica pontuda. Provoca distorção semelhante à do astigmatismo. Pode ser congênito ou adquirido, consequência de maus hábitos como coçar os olhos.

Casos graves podem precisar de transplante de córnea, mas grande parte é corrigida com lente de contato ou cirurgia.

Descolamento da retina
No descolamento de retina, há um afastamento da retina, que é o tecido nervoso no fundo do olho, onde as imagens se formam. Pode ser consequência de um trauma ou da diabetes.

Problemas de visão valendo (Foto: Instituto Nacional de Saúde dos EUA/Divulgação)Imagens mostram quatro problemas de visão: catarata, miopia, degeneração macular e glaucoma, no sentido horário (Foto: Instituto Nacional de Saúde dos EUA/Divulgação)

Em caso de levar uma pancada no olho e perder parte da visão, procure imediatamente o serviço de emergência. Se houver descolamento de retina, é preciso operar rapidamente para evitar a perda do tecido.

Confira abaixo o resultado da nossa enquete:

Enquete visão (Foto: Reprodução)

Notícias

Dallagnol recusa disputar promoção que o afastaria da Lava Jato

Caso desejasse, procurador poderia concorrer a uma das dez vagas em aberto nas Procuradorias Regionais da República — nove em Brasília (DF) e uma em Porto Alegre (RS)

Publicado

em

Bahia.ba – Chefe da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol informou ao Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) não ter interesse em concorrer a uma promoção no momento.

Caso desejasse, Dallagnol poderia concorrer a uma das dez vagas em aberto nas Procuradorias Regionais da República — nove em Brasília (DF) e uma em Porto Alegre (RS).

Em nota, o Ministério Público Federal (MPF) no Paraná afirmou que o coordenador da Lava Jato tomou a decisão por “aspectos pessoais e profissionais”, após conversar com os demais integrantes da força-tarefa.

Uma promoção, e consequente saída da Lava Jato, poderia representar um escape para Dallagnol, cada vez mais pressionado na atual função, desde o vazamento de mensagens do Telegram obtidas pelo site The Intercept Brasil.

Continuar Lendo

Notícias

Cai em 5% o número de baleias jubarte encalhadas no estado

Enquanto isso, encalhes aumentaram nas regiões do Rio de Janeiro e São Paulo

Publicado

em

TudoePolitica – Seduzidas pelas águas tropicais, as baleias jubarte fogem do inverno das zonas polares e migram para a costa brasileira todos os anos durante seu período de reprodução.

Nessa época do ano, os animais marinhos fazem da região de Abrolhos, entre o extremo sul da Bahia e o norte do Espírito Santo, o maior berço reprodutivo do Atlântico Sul.

Durante o processo de migração, contudo, muitos desses animais marinhos não conseguem concluir a viagem e acabam encalhando nas praias, inclusive nas situadas na Bahia.

Somente neste ano, conforme informou ao bahia.ba o Instituto Baleia Jubarte, foram registrados 46 encalhes na costa brasileira. Desse total, 16 foram em terras baianas, o que representa 34% do total. Devido à sua extensa costa litorânea, o estado é líder no ranking nacional de encalhes desde 2012.

O total computado neste ano, contudo, é 5% menor ao registrado no ano passado. Também houve redução de oito pontos percentuais no Espírito Santo. Ao mesmo tempo, Rio de Janeiro e São Paulo apresentaram alta de 8% e 7%, respectivamente.

As causas para tais mudanças entre os estados ainda são indefinidas, mas o veterinário chefe do Projeto Baleia Jubarte, Hernani Ramos, aponta algumas hipóteses.

“Muitas questões são um mistério, mas esse é o fascínio do estudo de pesquisa. Uma das possibilidades é a distribuição da população, que não ocorre igual todos os anos. Às vezes as baleias sobem mais, às vezes descem. Mas, com certeza, o número de encalhes tem relação direta com a quantidade de animais disponíveis. Quando a população aumenta, existe um número maior de ocorrências”, explicou.

Reprodução – À reportagem, o especialista também detalhou como ocorre o período de reprodução – que dura entre quatro e cinco meses – das baleias jubarte no primeiro Parque Nacional Marinho do Brasil.

“Elas se alimentam na Antártica e acumulam reservas. Durante o inverno antártico, as águas ficam muito frias, por isso as baleias fogem, vindo para a costa do Brasil para reproduzir em áreas abrigadas, ficando entre julho e novembro. A plataforma do Banco dos Abrolhos é onde elas escolheram como berçário. É aqui que elas acasalam em um ano e parem seus filhos no outro. O maior período de concentração é entre agosto e setembro”, detalhou.

Continuar Lendo

Notícias

Supremo prepara sequência de julgamentos decisivos para Moro e a Lava Jato

Ações que debatem o uso de dados de órgãos de controle e a suspeição do ex-juiz podem voltar à pauta da Corte em outubro

Publicado

em

 TudoePolitica – O Supremo Tribunal Federal (STF) prepara para outubro uma série de julgamentos que, em suma, podem tornar sem efeitos decisões do ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e da força-tarefa da Operação Lava Jato, coordenada pelo procurador Deltan Dallagnol. A informação é da Folha de S. Paulo.

O presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, indicou aos colegas estar disposto a levar ao plenário no próximo mês as ações que questionam a constitucionalidade das prisões após condenação em segunda instância, uma das principais bandeiras da Lava Jato, além da discussão que anulou a sentença imposta por Moro a Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil. Ministros avaliam que a provável inclusão dos temas na pauta do plenário sinaliza que, hoje, já haveria maioria a favor das teses contrárias à Lava Jato. ​

Além disso, Toffoli admitiu a possibilidade de antecipar o debate sobre uso de dados detalhados de órgãos de controle, como o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Receita Federal e Banco Central, sem autorização judicial. Inicialmente, o tema estava previso para voltar à pauta em 21 de novembro.

Também em outubro, Gilmar Mendes pretende retomar o julgamento da alegada suspeição do ex-juiz. Os magistrados vão voltar a discutir um pedido de habeas corpus formulado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que alega falta de imparcialidade de Moro na condução do processo do tríplex de Guarujá (SP). Se a solicitação for aceita, a sentença pode ser anulada e o caso voltaria aos estágios iniciais, o que tiraria Lula da cadeia.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA