Conecte conosco

ULTIMAS DO DIA

Após assembleia , funcionários dos Correios continuam greve na Bahia

Publicado

em

56 anos de emancipação

Nesta segunda-feira (19) uma outra assembleia será realizada na praça da Inglaterra às 17 horas

Após a assembleia, os funcionários dos Correios continuam em greve nesta sexta-feira (16) na Bahia. Segundo informações de Simone Soares, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos no Estado da Bahia (Sincotelba), a assembleia, realizada por volta das 17 horas na praça da Inglaterra, teve uma adesão muito boa.

“Quem não aderiu ontem, aderiu hoje”, disse a presidente.

Nesta segunda-feira (19) uma outra assembleia será realizada na praça da Inglaterra às 17 horas. Os servidores reivindicam um piso salarial de três salários mínimos ou R$ 400 reais incorporados ao salário.

“O nosso salário base é de R$ 806 e depois que desconta-se o INSS, FGTS o que sobre é muito pouco. Além disso, somente os carteiros que estão nas ruas recebem adicional, quem realiza trabalho interno não recebe nada”, explicou Soares.

Sobre a declaração do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, de que não haverá negociação enquanto houver greve, Simone declara: “Estamos há 45 dias em negociação e isso é tempo mais que suficiente para se chegar a uma proposta satisfatória para os funcionários. A nossa decisão é manter a greve para que haja um acordo”.

Sobre o funcionamento das agências, a presidente informou que a parte administrativa continua funcionando, assim como a entrega de remédios.


Funcionários dos Correios de todo o país aderiram à paralisação

Contas não serão adiadas
A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que não haverá prorrogação de prazos de pagamentos de cobranças não recebidas em função da greve dos Correios. As datas de vencimento, esclarece a Febraban, são determinadas pelas concessionárias de serviços públicos e empresas emissoras dos boletos.

Em comunicado, a entidade sugere que os clientes identifiquem os pagamentos recorrentes mensais, ou aqueles eventuais que poderão incidir no período da paralisação e, com essas informações, procurem as agências das concessionárias ou empresas emissoras dos boletos para solicitar a segunda via da cobrança.

“A Febraban observa ainda que o DDA – Débito Direto Autorizado, serviço bancário disponível desde 2009, elimina a necessidade do boleto impresso. Podem ser acessados eletronicamente pelos consumidores, sem o risco de extravio da correspondência e a alteração dos dados”, diz a nota.

 

Fonte : Correio24horas.com.br

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E

CIDADES

VÍDEO: Público jovem lota terceiro dia do Yahweh Shammah 2018 em Simões Filho

Publicado

em

56 anos de emancipação

Do Simões Filho em Pauta – Bombou! O terceiro dia do Yahweh Shammah 2018 contou com as apresentações das bandas: Frutos da Fé, Chote & Glória e finalizou com a gravação do DVD da banda DtSix, que subiu no palco por volta das 22 h, sacudindo todos que estavam na praça.

Continuar Lendo

Brasil

Deu no New York Times: Com julgamento de Lula, ‘democracia brasileira está à beira do abismo’

Publicado

em

56 anos de emancipação

O The New York Times, considerado o mais importante jornal do mundo, publicou um editorial nesta terça-feira em que expõe supostas falhas no processo contra o ex-presidente Lula, aponta a parcialidade de juízes envolvidos no julgamento do caso do triplex e afirma que a democracia brasileira está à beira do abismo.

Da Agência Sputnik – Destacando o histórico escravagista brasileiro e a imaturidade da democracia no país, o jornal diz que nos últimos anos, o PT deu autonomia ao judiciário para investigar e processar a corrupção de políticos. “Mas aconteceu o contrário [do esperado]. Como resultado, a democracia brasileira está em seu período “mais frágil desde que o governo militar acabou”, diz o jornal.

O texto continua citando que a denúncia contra Lula não é fundamentada em provas.

“A propina alegadamente recebida por [Lula] da Silva é um apartamento de propriedade da OAS. Mas não há provas documentais de ele ou sua esposa tenham recebido o título de posse, alugado ou mesmo permanecido no apartamento, nem que tentaram aceitar o presente. A evidência contra [Lula] da Silva  baseia-se no testemunho de um executivo da OAS condenado, José Aldemário Pinheiro Filho, que teve a pena reduzida em troca de entregar evidências ao Estado”, menciona o NYT.

O jornal então prossegue com críticas a Sérgio Moro, a quem acusa de promover um espetáculo midiático contra Lula. “[A evidência] foi o suficiente para Moro. Em algo que os americanos poderiam considerar como um processo de canguru, ele condenou o Sr. [Lula] da Silva a nove anos e meio de prisão”, segue. Processo canguru é um jargão legal nos EUA para classificar um procedimento judicial que ignora os padrões de moral, ética e justiça.

Mark Weisbrot, co-diretor do Centro de Pesquisas Econômicas e Políticas em Washington e presidente da Just Foreign Policy, uma ONG que trabalha pela “reforma das relações exteriores americanas”.

Continuar Lendo

Eleições

AO VIVO: LULA NO ATO EM DEFESA DE DEMOCRACIA EM PORTO ALEGRE

Publicado

em

56 anos de emancipação

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho