Conecte conosco

CORONAVÍRUS

Auxílio funeral foi concedido a quase 1,5 mil famílias durante pandemia

Benefício visa amparar famílias em vulnerabilidade social que não têm condições de financiar o sepultamento

Publicado

em

MW Auto Peças 40 Anos

Bahia.ba – Desde o início da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), concedeu auxílio funeral a 1.482 famílias de baixa renda. O benefício visa amparar as famílias em vulnerabilidade social que não têm condições de financiar o sepultamento, sobretudo devido à Covid-19.

A assistência funerária consiste na concessão de urna funerária, traslado do corpo e coroa de flores artificiais ou cremação. É disponibilizada para as famílias com renda igual ou inferior a R$ 550, correspondente a meio salário mínimo. Para ter acesso ao auxílio funeral, o responsável do familiar deve apresentar documentos pessoais como CPF e RG, assim como também do falecido, além da certidão de óbito.

Se o óbito acontecer numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou em hospital, o benefício deve ser solicitado junto ao setor de serviço social. Se o fato ocorrer na residência, é necessário acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para atestar o óbito e emitir a declaração. Com isso o representante da família entra em contato com a equipe da Sempre, através do número (71) 99623-2915 e solicita o auxílio. Porém, se o corpo estiver no IML, é necessário apenas procurar o setor de liberação de corpos e solicitar a assistência funeral.

Alinhamento

Em reunião realizada nesta sexta-feira (26), gestores e técnicos da Sempre e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) definiram estratégias para minimizar a burocracia para recebimento do auxílio funeral, sobretudo nesse momento de pandemia do coronavírus. O encontro foi realizado na sede da Sempre, no Comércio.

CORONAVÍRUS

FUNGO PRETO É REGISTRADO NO BRASIL EM PACIENTE QUE TEVE COVID-19

Índia assiste a um crescimento vertiginoso de casos de fungo preto

Publicado

em

O Brasil investiga alguns casos de mucormicose em pacientes com histórico de COVID-19, mas é a Índia que assiste a um crescimento vertiginoso de casos de fungo preto.

O primeiro caso de mucormicose, infecção fúngica conhecida como fungo preto, em um paciente que teve a COVID-19 no Rio Grande do Norte, foi confirmado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) do estado nesta segunda-feira (7).

A paciente, uma mulher de 42 anos, de Natal, apresentou sintomas da mucormicose e uma biópsia confirmou a ocorrência do fungo.

A Sesap afirmou que a paciente está em tratamento com antifúngicos, em casa, e que a equipe de vigilância da Sesap está “acompanhando o quadro, avaliando os exames, o histórico de movimentações da paciente e sua situação clínica atual”, reporta o jornal Tribuna do Norte.

Familiares de homem que morreu da COVID-19 durante sua cremação em Srinagar, Índia, 25 de maio de 2021

Fungo preto na Índia

O Brasil investiga alguns casos de mucormicose em pacientes com histórico de COVID-19, mas é a Índia que assiste a um crescimento vertiginoso de casos de fungo preto, doença que já acometeu quase nove mil pacientes que tiveram o novo coronavírus no país. Nova Deli também registrou casos de fungo branco e amarelo.

A taxa de letalidade da mucormicose é de cerca de 50%. Enquanto a taxa de letalidade da COVID-19 gira em torno de 2% a 7%, se o paciente contrai a mucormicose sobe para 40%.

Agência Sputnik

Continuar Lendo

CORONAVÍRUS

COVID-19 MOSTRA CRESCIMENTO PREOCUPANTE EM SIMÕES FILHO. 45 CASOS NO FIM DE SEMANA

Publicado

em

covid explode em simões filho

Os casos de contagio pelo novo coronavírus seguem avançando de forma preocupante na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador.
Neste final de semana o município registrou 45 novos casos da pandemia

Os dados coletados, indiretamente, pela redação do Página Simões Fiho, dão conta de que no final de semana houve registro de 45 novos casos de COVID-19, doença causanda pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o boletim da SESAB, já são 7.934 casos desde o início da pandemia.

A secretaria municipal de saúde informa que os casos ainda estão em 6.451 contágios.

Há relatos de aglomerações em eventos clandestinos em vários bairros e estabelecimentos em vários pontos da cidade.

A população reclama que não está havendo fiscalização.

Em tempo,

informamos que a prefeitura municipal, através da sua assessoria de comunicação não mantem contato com o Página Simões Filho.

Continuar Lendo

CORONAVÍRUS

Butantan entrega mais 1,5 milhão de doses e Dória garante 46 milhões até o fim de abril

Publicado

em

Do Tudo é Política – Mais 1,5 milhão de doses da vacina contra a Covid-19 CoronaVac foram entregues nesta segunda-feira (12) pelo Instituto Butantan ao Ministério da Saúde. De acordo com reportagem da Reuters, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que as 46 milhões de doses previstas até o fim de abriu serão entregues. 

Ao todo, o Programa Nacional de Imunização (PNI) já recebeu 39,7 milhões de doses da CoronaVac. Apesar disso, há um atraso na chegada de insumo farmacêutico ativo (IFA) importado da China para a produção do imunizante no Butantan. 

“Tudo indica que a normalidade seguirá nos próximos dias com o fornecimento dos insumos pelo laboratório Sinovac”, disse Doria.

O Butantan esperava receber 6 mil litros de IFA na semana passada. Eles seriam suficientes para o envase de 10 milhões de doses. Porém, a remessa atrasou, e a nova presvisão é de que 3 mil litros sejam entregues até o dia 20 de abril e mais 3 mil litros até o final do mês. 

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E

AS MAIS LIDAS DA SEMANA