Conecte conosco

CORONAVÍRUS

Bolsonaro estenderá auxílio emergencial em duas parcelas de R$ 600, diz jornal

Governo havia anunciado anteriormente que pagamentos seriam de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Publicado

em

Bahia.ba – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciará ainda nesta terça-feira (30) a prorrogação do auxílio emergencial e, segundo membros do governo, o Executivo caminha para conceder mais duas parcelas de R$ 600.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, fontes afirmam à reportagem que a decisão vai em direção a esse desfecho devido à facilidade de a proposta ser executada sem passar pelo Congresso, já que o governo não precisaria enviar um novo texto aos parlamentares.

A lei que instituiu o auxílio concedeu ao Executivo a possibilidade de renovar o benefício se os valores forem mantidos e a proposta inicial era de o auxílio ser concedido durante três meses, por R$ 600.

A decisão de manter o valor por mais dois meses será diferente daquela anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro ao lado do ministro Paulo Guedes (Economia) na última quinta-feira (25). Eles informaram em live que deveria haver uma prorrogação do auxílio por mais três meses em parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300.

As discussões foram tomadas por idas e vindas e, nesta terça, Guedes chegou a falar em uma prorrogação maior, de três meses.

“Demos os três meses iniciais e estendemos agora porque ela [pandemia] não começou a descer ainda. Estendemos por mais três meses, mas acreditamos que realmente ela vá descer nesses próximos três meses”, disse.

Ainda de acordo com a Folha, o ministro sinalizou que o grau de contaminação do coronavírus pode levar a uma extensão ainda maior da medida. “Se não descer [a pandemia], lá vamos nós pensar de novo em quanto tempo mais teremos que segurar o fôlego”, disse.

CORONAVÍRUS

FUNGO PRETO É REGISTRADO NO BRASIL EM PACIENTE QUE TEVE COVID-19

Índia assiste a um crescimento vertiginoso de casos de fungo preto

Publicado

em

O Brasil investiga alguns casos de mucormicose em pacientes com histórico de COVID-19, mas é a Índia que assiste a um crescimento vertiginoso de casos de fungo preto.

O primeiro caso de mucormicose, infecção fúngica conhecida como fungo preto, em um paciente que teve a COVID-19 no Rio Grande do Norte, foi confirmado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) do estado nesta segunda-feira (7).

A paciente, uma mulher de 42 anos, de Natal, apresentou sintomas da mucormicose e uma biópsia confirmou a ocorrência do fungo.

A Sesap afirmou que a paciente está em tratamento com antifúngicos, em casa, e que a equipe de vigilância da Sesap está “acompanhando o quadro, avaliando os exames, o histórico de movimentações da paciente e sua situação clínica atual”, reporta o jornal Tribuna do Norte.

Familiares de homem que morreu da COVID-19 durante sua cremação em Srinagar, Índia, 25 de maio de 2021

Fungo preto na Índia

O Brasil investiga alguns casos de mucormicose em pacientes com histórico de COVID-19, mas é a Índia que assiste a um crescimento vertiginoso de casos de fungo preto, doença que já acometeu quase nove mil pacientes que tiveram o novo coronavírus no país. Nova Deli também registrou casos de fungo branco e amarelo.

A taxa de letalidade da mucormicose é de cerca de 50%. Enquanto a taxa de letalidade da COVID-19 gira em torno de 2% a 7%, se o paciente contrai a mucormicose sobe para 40%.

Agência Sputnik

Continuar Lendo

CORONAVÍRUS

COVID-19 MOSTRA CRESCIMENTO PREOCUPANTE EM SIMÕES FILHO. 45 CASOS NO FIM DE SEMANA

Publicado

em

covid explode em simões filho

Os casos de contagio pelo novo coronavírus seguem avançando de forma preocupante na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador.
Neste final de semana o município registrou 45 novos casos da pandemia

Os dados coletados, indiretamente, pela redação do Página Simões Fiho, dão conta de que no final de semana houve registro de 45 novos casos de COVID-19, doença causanda pela pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o boletim da SESAB, já são 7.934 casos desde o início da pandemia.

A secretaria municipal de saúde informa que os casos ainda estão em 6.451 contágios.

Há relatos de aglomerações em eventos clandestinos em vários bairros e estabelecimentos em vários pontos da cidade.

A população reclama que não está havendo fiscalização.

Em tempo,

informamos que a prefeitura municipal, através da sua assessoria de comunicação não mantem contato com o Página Simões Filho.

Continuar Lendo

CORONAVÍRUS

Butantan entrega mais 1,5 milhão de doses e Dória garante 46 milhões até o fim de abril

Publicado

em

Do Tudo é Política – Mais 1,5 milhão de doses da vacina contra a Covid-19 CoronaVac foram entregues nesta segunda-feira (12) pelo Instituto Butantan ao Ministério da Saúde. De acordo com reportagem da Reuters, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que as 46 milhões de doses previstas até o fim de abriu serão entregues. 

Ao todo, o Programa Nacional de Imunização (PNI) já recebeu 39,7 milhões de doses da CoronaVac. Apesar disso, há um atraso na chegada de insumo farmacêutico ativo (IFA) importado da China para a produção do imunizante no Butantan. 

“Tudo indica que a normalidade seguirá nos próximos dias com o fornecimento dos insumos pelo laboratório Sinovac”, disse Doria.

O Butantan esperava receber 6 mil litros de IFA na semana passada. Eles seriam suficientes para o envase de 10 milhões de doses. Porém, a remessa atrasou, e a nova presvisão é de que 3 mil litros sejam entregues até o dia 20 de abril e mais 3 mil litros até o final do mês. 

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA