Conecte conosco

Especiais

Brasil tem 550 mil presos onde há vagas para 300 mil

Publicado

em

 

A coordenadora-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) do Ministério da Justiça, Mara Fregapani Barreto, disse que é bastante complicado assegurar formação educacional para a população carcerária do País, informa a Agência Câmara de Notícias. “É grande a dificuldade de garantir educação, quando não há espaço para dormir”, explicou a coordenadora, que participa na tarde desta terça-feira (27) de seminário sobre o sistema carcerário brasileiro, na Câmara dos Deputados. Segundo Mara Barreto, o Brasil conta hoje com uma população carcerária de 550 mil habitantes enquanto existem apenas 300 mil vagas em presídios. Assim, seu departamento é obrigado a priorizar questões de saúde, documentação adequada e formação profissional, antes da educação propriamente dita. “Em 2011, a prioridade foi aparelhar as unidades prisionais na área de saúde. Já este ano, o foco é estabelecer oficinas permanentes para capacitação de presos”, detalhou. Ainda de acordo com a coordenadora, a política do departamento é articular com outros órgãos formas de inserir a população carcerária nos programas governamentais.

 

Fonte:bahianoticias.com.br