Conecte conosco

CIDADES

CASO CURIOSO QUE ACONTECEU EM URNAS ELETRÔNICAS EM CAMAÇARI: “O SEGREDO DAS ELEIÇÕES 2002”

Publicado

em

O que importa?
“Quem vota e como vota não conta nada; quem conta os votos é que realmente importa.”
Josef Stalin -Primeiro Ministro da União Soviética

As reclamações sobre possíveis fraudes nas eleições de 2016 em Simões Filho, feitas pelo ex-candidato a vereador Paulo Pessoa, podem até ser consideradas por muitos como “choro de perdedor” e assim servir como chacota ao mesmo, mas se o ansioso leitor tiver um pouco de disposição para pesquisar casos de fraudes em urnas eletrônicas no Brasil, irá fatalmente encontrar um vasto número de reportagens que relatam Camaçari como o cenário de um dos mais graves casos de fraudes em urnas da história.

Jogando Palitinho por Telefone

“Votar na urna eletrônica brasileira é mais ou menos como jogar palitinho por telefone.” Paulo Mora de Freitas, Fis – Chefe de Informática do Laboratório Leprince-Ringuet da Ecole Polytechnique, França

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) garante: o voto eletrônico é imune a fraudes. Será mesmo?

Advogados e técnicos que criaram o Movimento Voto Seguro (clique aqui para conhecer) discordam.

Eles relatam pelo menos seis municípios onde, em eleições anteriores, registraram-se irregularidades como por exemplo, um número maior de votos que de eleitores em uma mesma urna.

O caso das eleições de 2002 na Bahia, ficou marcado pelo resultado pericial feito pelo TSE que concluiu que sim, foram encontradas irregularidades nas urnas e este foi o mais grave caso de fraude eleitoral já registrado no Brasil.

Em março deste ano, uma reportagem publicada num dos mais conceituados jornais do Pais, O Globo, relata que os testes realizados pelo TSE detectaram grave risco de troca no número de votos de candidatos (clique aqui para ler).

A solicitação de uma perícia nas urnas utilizadas no processo eleitoral realizado em Simões Filho no dia 2 de outubro de 2016, que elegeu Diógenes Tolentino DINHA e 19 vereadores para gestão e legislativo do município, deve ser encarado como perfeitamente plausível, tendo em vista que a cidade de Camaçari já protagonizou casos de fraudes eleitorais.

Espera-se contudo, que a perícia solicitada prove que não existiram fraudes e que o processo ocorreu segundo o que manda a Lei, caso contrário, estaremos diante de algo inédito no município: a anulação de todo o processo eleitoral, manchando para sempre a histórica vitória do candidato Diógenes Tolentino DINHA.

Segue abaixo, link de reportagens sobre o tema:

O Fim das Fraudes

 “No Brasil, sempre houve fraude eleitoral. O que as urnas eletrônicas produziram não foi o fim das fraudes. Foi o fim da investigação das fraudes.” Pedro Dória -Jornalista e Blogueiro

 

Vereadores

JUSTIÇA BARRA ALTERAÇÕES NO PDDM APROVADAS NA CÂMARA, ONTEM, 28/09

O moivo foi a falta de paticipação popular na elaboração do Plano

Publicado

em

vereador Roberto Souza

A solicitação de Mandado de Segurança foi feita pelo vereador Roberto Souza.

A decisão foi tomada pela Primeira Vara da Fazenda Pública na pessoa da juíza Mabile Machado Borba que decidiu pela suspensão do ato que deu motivo ao pedido.

A votação em segunda sessão foi feita em clima de acirrados debates e constestações por parte dos vereadores contrários à votação.

A alegação para o pedido de suspensão dos atos, se deu sob aalegação de que não houve a eficaz participação da sociede civil, associações de empresários, comerciários, lideranças comunitárias e autoridades eclesiásticas.

Leia matéria completa do Redação Nacional clicando aqui

Continuar Lendo

Vereadores

Câmara aprova três Projetos de Lei do Executivo em segunda discussão

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira (27), na 22ª Sessão Ordinária, vereadores aprovaram, em segunda discussão, três Projetos de Lei (PLs) de autoria do Poder Executivo. O de nº 035/2021, que dispõe sobre alterações no Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal (PDDM); o de n 036/2021, que dispõe sobre alterações no Código de Posturas do município e o de nº 037/2021, que dispõe sobre alterações no Código de Urbanismo do município. Todos os PLs citados já tinham sido aprovados em primeira discussão na 21ª Sessão Ordinária, realizada na última terça-feira (21).

SOBRE O PDDM
O PDDM é um instrumento que estabelece regras para o desenvolvimento da cidade. Se refere à definição de diretrizes gerais objetivando ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e garantir o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida de seus habitantes. A elaboração do Plano Diretor é de iniciativa do Executivo, por intermédio de seus órgãos de planejamento, e dele deverão constar, como conteúdo básico, a análise e diagnósticos dos sistemas urbanos do município, projeções relativas à demanda real de equipamentos, infra-estrutura, serviços urbanos e atividades econômicas em geral.

Além disso, o Plano Diretor definirá áreas de renovação urbana ou reurbanização (são aquelas sujeitas a processo de deterioração ou inadequação às funções previstas na Ocupação e Uso do Solo, que deverão ser objeto de intervenção para melhoria de suas condições), áreas de preservação cultural e paisagística, bem como áreas de interesse turístico.

Na mesma sessão, foram aprovadas as indicações de autoria dos vereadores Eugênio Pacelli (PCdoB) – que solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Rua Argentina, no bairro do Jardim Renatão, Del Capoeira (SOLIDARIEDADE) – que solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Rua D, no bairro do Jardim Renatão, e Jackson Bomfim (DEM) – que solicita ao Poder Executivo a implantação do Projeto Saúde Visual nas escolas municipais.

Continuar Lendo

Vereadores

ENTREVISTA: VEREADOR ITUS RAMOS FALA DOS PRIMEIROS MESES COMO VEREADOR, EXPECTATIVAS E REALIDADES E PRÓXIMAS ELEIÇÕES

O Vereador fez questão de afirmar apoio à deputada Kátia Oliveira

Publicado

em

VEREADOR ITUS RAMOS FALA DOS PRIMEIROS MESES COMO VEREADOR, EXPECTATIVAS E REALIDES E PRÓXIMAS ELEIÇÕES

Em entrevista ao radialista Ataíde Barbosa, no programa Panorama de Notícias, nesta quinta-feira, 23 de setembro, o vereador relatou como está sendo sua experiência como parlamentar do município.

O vereador abordou diversos pontos que ele considera positivos na gestão do prefeito Diógenes Tolentino – Dinha.

Itus Ramos fez questão de reafirmar seu apoio à reeleição da deputada Kátia Oliveira para novo mandato na Assembleia Legislativa da Bahia.

O meu grupo estar empenhado em reeleger a deputada Katia. Estamos trabalhando não só em Simões filho como em outras cidades.

Katia e Azi merecem o voto do nosso povo por que trabalham de verdade por Simões Filho trazendo emendas que ajudam a cidade a desenvolver a cidade.” Declarou Itus

Segundo o vereador, “Katia irá dobrar sua votação em Simões filho por que quem votou nela tem orgulho de ter votado e quem não votou estar vendo o quanto ela trabalha pelo nosso povo!” completou

Assista a entrevista completa abaixo:

Caso, não esteja vendo esse vídeo aqui, clique aqui para acessar a página do Panorama de Notícias

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA