Conecte conosco

Brasil

Centrais sindicais se unem pelo “Fora, Bolsonaro”

Comemoração do 1º de maio terá Lula, Dilma, Ciro, Dino, Marina e FHC

Publicado

em

ConversaAfiada – As maiores centrais sindicais do país estarão unidas amanhã, nas comemorações do 1º de maio, em defesa do “Fora, Bolsonaro”, do isolamento social e da manutenção do emprego e renda dos trabalhadores. Sem as tradicionais manifestações na rua, em um ato transmitido pela internet, dirigentes sindicais buscarão articular uma frente ampla em favor da democracia e da Constituição.

A informação é do Valor Econômico.

No palanque virtual, estarão políticos de diferentes partidos, como os ex-presidentes LulaDilma Rousseff e Fernando Henrique Cardoso, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e a ex-senadora Marina Silva (Rede).

No ato organizado pela CUT, Força Sindical, UGT, CSB, CTB, CGTB, NCST e movimentos populares, está prevista também a participação dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli. A presença das três autoridades, no entanto, mas não foi confirmada até a noite de ontem.

Para a CUT, a defesa da democracia passa pelo “fim do governo de Jair Bolsonaro e se traduz no ‘Fora, Bolsonaro’”. Na avaliação da central sindical, “não há democracia, empregos, saúde, educação nem políticas sociais” na atual gestão federal.

P U B L I C I D A D E