Conecte conosco

Especiais

Simões Filho é ponto de desova de cadáveres

Publicado

em

MW Auto Peças 40 Anos

Apontado pelo Mapa da Violência 2012 como o município mais violento do Brasil, Simões Filho (BA), localizado na região metropolitana de Salvador, soma às suas estatísticas de homicídios os assassinatos que acontecem fora de seu território.

Simões Filho tem uma população de pouco mais de 116 mil habitantes, é a quinta economia da Bahia, única porta de entrada por via terrestre para a capital Salvador e sofre com uma taxa de 146,4 homicídios para cada 100 mil habitantes em 2010.

Apesar de ter uma renda per capita alta e de um investimento maciço em educação, os índices de criminalidade em Simões Filho não pararam de crescer nos últimos anos. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia, em 2010, houve um aumento de 43% de homicídios em relação ao ano anterior.

A cidade tida como a mais violenta do Brasil é vizinha de bairros pobres da periferia da capital baiana como Pedreira e Iraque. A malha viária urbana da capital e de Simões Filho já estão unificadas com o crescimento dos dois lados. Segundo o coordenador do Centro de Apoio Operacional de Segurança Pública e Defesa Social (Ceosp) do Ministério Público da Bahia, promotor de Justiça, Geder Gomes, os crimes cometidos nesses bairros de Salvador acabam se confundindo com os da cidade adjacente. “Simões Filho é pequena. Ela guarda e concentra os mesmos problemas de Salvador”, explica.

Para Gomes, esse fenômeno se deve ao fato de criminosos que atuam em Salvador usarem as diversas rodovias de Simões Filho para “desovar” cadáveres, o que acaba causando distorções nos índices de criminalidade. Contudo, isso não significa que a cidade não tenha problemas próprios na segurança pública. “Essa é uma característica comum às cidades que ficam no entorno de grandes centros, como no caso de Brasília”, exemplificou.

Outros fatores contribuem para o alto número de assassinatos em Simões Filho. O município é sede de uma parte desativada do Centro Industrial de Aratu (CIA). O complexo chegou a ter 436 mil quilômetros quadrados, compreendendo os municípios de Salvador, Simões Filho, Candeias e Lauro de Freitas. Essa área de atividade foi reduzida pela metade na década de 1980 e contemplando apenas Lauro de Freitas e Candeias.

Diante do cenário de abandono em Simões Filho, criminosos transformaram o local em uma espécie de depósito de corpos. A Via Periférica I concentra o maior número de galpões de fábricas desativados. É comum encontrar no local carros incendiados abandonados à beira da estrada.

Apesar de a segurança pública ser de competência do governo estadual, a prefeitura da cidade resolveu investir na área implantando um sistema de câmeras de vídeo para tentar inibir os delitos e ajudar na identificação de criminosos. As imagens são monitoradas por uma central administrada pela prefeitura , que encaminha as ocorrências à Polícia Militar.

 

fonte: IG.com.br

Transportes e Trânsito

ATENÇÃO EMPRESÁRIO! ESCOLHA LOGO O MELHOR PONTO. PROJETO APROVADO NA CÂMARA VIABILIZA BONS LOCAIS DE PROPAGANDA POR TODA A CIDADE

O projeto é de autoria do vereador Wilton Ramos – Itus

Publicado

em

NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO - projeto adote um ponto de ônibus em simões filho

Trata-se de um projeto que visa disponibilizar para a população, pontos de ônibus mais confortáveis e com manutenção constante.

Leia mais sobre

O projeto Adote um Ponto de ônibus prevê parcerias com empresas locais para que as mesmas possam se responsabilizar pela manutenção dos equipamentos e em contra partida, os espaços publicitários do mesmo serão explorados pela empresa parceira, divulgando suas marcas e campanhas publicitárias.

O projeto foi aprovado por unanimidade pela câmara municipal e aguarda decisão do prefeito Dinha para que possa ser posto em prática.

Veja o que disse o autor do projeto, logo após sua aprovação:

https://www.facebook.com/itus.ramos/videos/5717497438322344

Continuar Lendo

Dinheiro & Negócios

Gás de cozinha fica mais caro a partir desta segunda em toda Bahia

Botijão de 13kg podem custar até R$ 110 na capital baiana com o novo reajuste

Publicado

em

O preço do gás de cozinha, tecnicamente chamado de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), terá reajuste de 5,9% a partir desta segunda-feira (14). O reajuste parte da Petrobras, que justificou o aumento em função do reflexo do mercado internacional.

Este não é o primeiro reajuste do gás de cozinha no ano. Em janeiro, a Petrobras elevou o preço em 6%. Em fevereiro, a alta foi de 5,1%. Em março, um novo reajuste médio de R$ 0,15 por quilo foi anunciado. Em abril, o aumento foi de 5%.

Desde quando mudou sua política de preços, em julho de 2017, a empresa ajusta os preços dos combustíveis com base nos valores praticados internacionalmente, cotado em dólar, mesmo para o consumo interno. O preço do botijão de gás em Salvador varia entre R$80 e R$102. Com o reajuste, os valores podem chegar até mais de R$ 110. 

Com informações do Tudo é Política.

Continuar Lendo

Saúde

FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA DEVERÃO RECEBER KITs DE HIGIENE PESSOAL. PROJETO É DO VEREADOR ROBERTO SOUZA

Publicado

em

FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA RECEBERÃO KIT DE HIGIENE PESSOAL

Na 11ª Sessão Ordinária, realizada na última terça (8), foi aprovada por unanimidade a indicação de nº 084/2021, de autoria do vereador Roberto Souza (PODE), que solicita ao Poder Executivo a disponibilização de kits de higiene pessoal, contendo escova de dente, creme dental, fio dental, sabonete, sachês de shampoo e condicionador, absorvente, desodorante, álcool em gel e máscaras de proteção para as famílias de baixa renda.

A justificativa cita a importância de proporcionar o bem-estar e auxiliar no combate à COVID e outras doenças. Durante a discussão da matéria, o parlamentar explicou que indicação surgiu após assistir a uma reportagem.

“A reportagem mostrava que uma diretora de colégio percebeu que várias alunas faltavam às aulas sempre no mesmo período do mês. Eram meninas carentes e pobres que não tinham condições de comprar seus absorventes. Então elas deixavam de frequentar a escola por esse motivo. Isso me entristeceu muito, pois em pleno século XXI as pessoas não têm condições do básico… Acho que é importante termos alimentação, mas também é essencial termos a higiene pessoal. Então seria interessante a prefeitura investir também na prevenção. Quando você previne, você gasta menos”, disse o edil.

O vereador comentou ainda que a indicação é de suma importância para que meninas não deixem de frequentar a escola por não terem absorvente. “Precisamos dar atenção a essas crianças, então que esses kits sejam distribuídos nas escolas e nos postos de saúde”, concluiu.

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E

AS MAIS LIDAS DA SEMANA