Conecte conosco

Saúde

Convencida de que pegar covid era a melhor vacina contra a doença, cantora morre de covid e deixa órfão

Publicado

em

acreditou no mito

Viomundo – A cantora Roci Mendonça, do Boi Garantido, de Parintins, no Amazonas, tinha fortes opiniões políticas e as expressava abertamente nas redes sociais.

Combatia Lula, o PT e fez vários memes de apoio a Jair Bolsonaro usando sua própria foto.

Em geral, ela se manifestava em textos curtos, de autoria própria.

Mas aparentemente encontrou um texto com o qual concordou de tal forma que fez a reprodução completa em sua página do Facebook:

Por Ludgero Bonilha

Ouvi ontem sobre a decisão do governo da Holanda. Nada para! Protege-se os vulneráveis.

Os demais ficarão expostos visto que a contaminação, na maioria dos casos, não lhes é letal. Muitos serão infectados e nem sequer apresentarão sintomas.

Poucos serão sintomáticos e poderão se curar como se estivessem com gripe.

Assim, a própria enfermidade lhes será por vacina. A vacina não é outra coisa senão um pouco da doença inoculada para combater a doença criando anticorpos para este enfrentamento.

O isolamento somente retardará a contaminação. E antes de morrermos da doença, morreremos da estagnação da economia.

A Holanda está sendo seguida por outras nações neste entendimento. Na Coreia do Sul, ainda que tiveram outra abordagem para a praga da China, o resultado foi o mesmo.

Quanto mais isolamento, mas extenso será o tempo de propagação. Parece com o filme de Camus, “La Plague”. Deus nos dará o caminho para curar nações inteiras pelo remédio que ele mesmo já estabeleceu desde antemão. Anticorpos!

Diferentemente do que está escrito no texto acima, o sucesso da Coreia do Sul não foi devido a deixar o coronavírus correr solto pelo país.

Pelo contrário, a Coreia conseguiu controlar a primeira onda com baixo número de mortes por testar em massa e isolar as pessoas contaminadas em casa, mesmo as que não apresentavam sintomas.

A proposta de isolamento seletivo, no entanto, tem seus defensores e foi adotada na Holanda. A ideia seria controlar a expansão da pandemia até se chegar à imunidade de rebanho.

Era, aparentemente, o que a cantora Roci Mendonça defendia.

Em dezembro, no entanto, grávida — e, portanto, parte do grupo de risco — ela foi alcançada pelo vírus.

Internada, teve de fazer um parto de emergência para o nascimento do pequeno Max, que estava com sete meses.

No sábado, com 39 anos de idade, Roci morreu de complicações da covid em Manaus.

A capital do Amazonas enfrenta a segunda onda da doença.

O Boi Garantido emitiu uma nota comparando a cantora a um rouxinol: “E lá se foi a Roci, ensinar cantigas no céu”, diz o texto.

P U B L I C I D A D E