Conecte conosco

Brasil

Correios e empregados não chegam a acordo; TST marca julgamento para 21 de setembro

Segundo o secretário da FENTECT, Emerson Marinho, a orientação “é manter e ampliar a greve”

Publicado

em

Metro1 – Na audiência de conciliação realizada hoje (11) no Tribunal Superior do Trabalho (TST) não houve avanço na negociação entre os Correios e os trabalhadores, que estão em greve. Assim, a corte decidiu marcar para o próximo dia 21 de setembro o julgamento. 

Os funcionários da estatal são contra a retirada de benefícios e chegaram a pedir 5% de reajuste salarial. Os Correios alegam que não há como manter o mesmo acordo do ano passado, por conta do cenário atual de pandemia.

Segundo o secretário da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (FENTECT), Emerson Marinho, a orientação “é manter e ampliar a greve”. “Nós queremos parar a linha de produção da empresa”, disse.

P U B L I C I D A D E