DIETA CETOGÊNICA E SEUS PERIGOS - Página Simões Filho
Conecte conosco

Saúde

DIETA CETOGÊNICA E SEUS PERIGOS

As dietas da moda podem ser perigosas. É preciso ter cuidado

Publicado

em

dieta cetogênica e seus perigos

No Tudo é Política – A dieta cetogênica é a última palavra na busca da boa forma entre os famosos e milhares de anônimos que buscam perder peso rapidamente.

A dieta cetogênica se baseia no baixo consumo de carboidratos (apenas 5% da alimentação diária) e a alta ingestão de gorduras boas (70%).

Com isso, a promessa é de que a dieta entrega rápidos resultados, mas como acontece com todas as “dietas da moda”, Ela também está cercada de riscos à saúde

Há um perigoso aconselhamento, baseado em senso comum, de que para que uma pessoa se torne adepta da dieta cetogênica, ela não precisa se submeter a nenhuma restrição alimentar ou acompanhamento médico, e é ai que mora o perigo.

Por essa razão, a cetogênica é uma das dietas que mais exigem a atenção dos profissionais e dos futuros adeptos. Confira abaixo os riscos relacionados a essa dieta:

Aumento no nível do colesterol

Por incentivar um alto consumo de gorduras boas, chegando a 70% da alimentação diária, há, inevitavelmente, o perigo da ingestão de gorduras ruins como manteiga e carnes gordas, resultando no aumento do LDL que não é saudável, principalmente para quem apresenta algum problema cardiovascular.

Deficiência de vitaminas e minerais

A cetogênica incentiva o baixo consumo de vegetais e o consumo zero de frutas. Sendo as frutas, os legumes e as verduras fontes saudáveis de fíbras, antioxidantes e outros nutrientes, logo, quando você não consome esse grupo de alimentos, fatalmente, terá deficiência de vitaminas e minerais. Mais uma vez, é preciso ter cuidado.

A Dieta cetogênica causa taquicardia


Como acontece com outras dietas com baixo consumo de colesterol, naturalmente, os batimentos cardíacos aceleram nos primeiros dias e semanas do início da dieta.

Nunca é demais alertar que quem possui problemas como arritmia deve avisar ao médico, pois a cetogénica pode mascarar ou provocar episódios da doença.

A dieta cetogênica causa desidratação

Diminuição do apetite, queima de gorduras e manutenção muscular são promessas da dieta cetogênica. Essas promessas não vêm desacompanhada de riscos à saúde.

O processo de diminuição de apetite, queima de gorduras e manutenção muscular é chamado de cetose, que, em casos extremos, pode causar uma condição chamada cetoacidose, que acumula cetonas no sangue e, por isso, aumenta a acidez sanguínea e causa a desidratação do corpo.

É preciso alertar que em casos extremos, a desidratação pode levar ao coma ou à morte. 

A dieta cetogênica causa distúrbios alimentares

Para quem tem histórico de distúrbios alimentares, a dieta cetogênica não é recomendada. A razão para isso, se dá por conta do fato da cetogênica ser muito restritiva e por eliminar do cardápio, grupos inteiros de alimentos.

Todos os especialistas da área são unanimes em afirmar que, todos os alimentos são seguros e podem fazer parte de uma alimentação saudável. 

Se você é adepto da dieta cetogénica, o ideal é fazer exames de colesterol periódicos. 

A cetogénica pode causar também:

  • Dores de cabeça;
  • Neblina mental;
  • Sintomas semelhantes aos da gripe (conhecidos como “ceto-gripe”) ;
  • e Tonturas.

Leia também:

Se você quer fazer uma dieta, por necessidade ou vaidade, o melhor a fazer é buscar a orientação de um médico ou médica, para evitar que você coloque sua saúde em risco.

É possível que a dieta cetogênica, com orientação correta, acompanhamento nutricional por um profissional capacitado, seja indicada para você, mas você só terá a certeza disso buscando orientação profissional. A SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia) é uma boa fonte de informação inicial.

Procure um médico!

Sua saúde é o maior bem que você possui.

Gostou desse artigo?

Então compartilhe com seus amigos.

P U B L I C I D A D E
Optimized with PageSpeed Ninja