Conecte conosco

Especiais

Educador afirma que Enad nos moldes atuais é uma farsa.

Publicado

em

MW Auto Peças 40 Anos

Distorção – A função do Enad é fazer a avaliação dos alunos ingressantes e concluintes do sistema de educação e trata-se de uma prova única aplicada a nível nacional por área de conhecimento em cada ciclo.

 

O Exame Nacional  de Desempenho de Estudantes (Enad) faz parte do tripé do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Ele é composto pela avaliação institucional para fins de credenciamento e recredenciamento das Instituições de Ensino Superior (IES) e a avaliação de cursos com fins de autorização e renovação de reconhecimento.

A cada ciclo – três anos –, essas três vertentes devem ser avaliadas. As avaliações institucionais e de cursos são realizadas por especialistas e o Enad realizado por estudantes.

Distorção – A função do Enad é fazer a avaliação dos alunos ingressantes e concluintes do sistema de educação e trata-se de uma prova única aplicada a nível nacional por área de conhecimento em cada ciclo.

“O objetivo do Enad é avaliar, a nível nacional, o engajamento dos conteúdos programáticos pelas IES com as diretrizes nacional de cada curso, porém existe uma distorção no uso do exame por parte do Ministério da Educação (MEC), que deixou de usá-lo como política nacional de avaliação para criar ranking entre as IES e a valorar com um peso maior do que as avaliações realizadas por técnicos designados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep)”, explica o diretor de comunicação da Associação Baiana de Mantenedoras do Ensino Superior (Abames) e diretor da Unirb,  Carlos Joel Pereira.

Segundo ele, a prova do Enad é obrigatória, mas se o estudante apenas comparecer e assinar a prova, ele já cumpriu o requisito legal para ter seu diploma expedido. Não respondendo a prova, ele não sofre nenhuma consequência profissional, no entanto isso prejudica a instituição a qual ele representa, causando até o seu fechamento.

Fonte: jornalatarde.com.br

Transportes e Trânsito

ATENÇÃO EMPRESÁRIO! ESCOLHA LOGO O MELHOR PONTO. PROJETO APROVADO NA CÂMARA VIABILIZA BONS LOCAIS DE PROPAGANDA POR TODA A CIDADE

O projeto é de autoria do vereador Wilton Ramos – Itus

Publicado

em

NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO - projeto adote um ponto de ônibus em simões filho

Trata-se de um projeto que visa disponibilizar para a população, pontos de ônibus mais confortáveis e com manutenção constante.

Leia mais sobre

O projeto Adote um Ponto de ônibus prevê parcerias com empresas locais para que as mesmas possam se responsabilizar pela manutenção dos equipamentos e em contra partida, os espaços publicitários do mesmo serão explorados pela empresa parceira, divulgando suas marcas e campanhas publicitárias.

O projeto foi aprovado por unanimidade pela câmara municipal e aguarda decisão do prefeito Dinha para que possa ser posto em prática.

Veja o que disse o autor do projeto, logo após sua aprovação:

https://www.facebook.com/itus.ramos/videos/5717497438322344

Continuar Lendo

Dinheiro & Negócios

Gás de cozinha fica mais caro a partir desta segunda em toda Bahia

Botijão de 13kg podem custar até R$ 110 na capital baiana com o novo reajuste

Publicado

em

O preço do gás de cozinha, tecnicamente chamado de GLP (Gás Liquefeito de Petróleo), terá reajuste de 5,9% a partir desta segunda-feira (14). O reajuste parte da Petrobras, que justificou o aumento em função do reflexo do mercado internacional.

Este não é o primeiro reajuste do gás de cozinha no ano. Em janeiro, a Petrobras elevou o preço em 6%. Em fevereiro, a alta foi de 5,1%. Em março, um novo reajuste médio de R$ 0,15 por quilo foi anunciado. Em abril, o aumento foi de 5%.

Desde quando mudou sua política de preços, em julho de 2017, a empresa ajusta os preços dos combustíveis com base nos valores praticados internacionalmente, cotado em dólar, mesmo para o consumo interno. O preço do botijão de gás em Salvador varia entre R$80 e R$102. Com o reajuste, os valores podem chegar até mais de R$ 110. 

Com informações do Tudo é Política.

Continuar Lendo

Saúde

FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA DEVERÃO RECEBER KITs DE HIGIENE PESSOAL. PROJETO É DO VEREADOR ROBERTO SOUZA

Publicado

em

FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA RECEBERÃO KIT DE HIGIENE PESSOAL

Na 11ª Sessão Ordinária, realizada na última terça (8), foi aprovada por unanimidade a indicação de nº 084/2021, de autoria do vereador Roberto Souza (PODE), que solicita ao Poder Executivo a disponibilização de kits de higiene pessoal, contendo escova de dente, creme dental, fio dental, sabonete, sachês de shampoo e condicionador, absorvente, desodorante, álcool em gel e máscaras de proteção para as famílias de baixa renda.

A justificativa cita a importância de proporcionar o bem-estar e auxiliar no combate à COVID e outras doenças. Durante a discussão da matéria, o parlamentar explicou que indicação surgiu após assistir a uma reportagem.

“A reportagem mostrava que uma diretora de colégio percebeu que várias alunas faltavam às aulas sempre no mesmo período do mês. Eram meninas carentes e pobres que não tinham condições de comprar seus absorventes. Então elas deixavam de frequentar a escola por esse motivo. Isso me entristeceu muito, pois em pleno século XXI as pessoas não têm condições do básico… Acho que é importante termos alimentação, mas também é essencial termos a higiene pessoal. Então seria interessante a prefeitura investir também na prevenção. Quando você previne, você gasta menos”, disse o edil.

O vereador comentou ainda que a indicação é de suma importância para que meninas não deixem de frequentar a escola por não terem absorvente. “Precisamos dar atenção a essas crianças, então que esses kits sejam distribuídos nas escolas e nos postos de saúde”, concluiu.

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E

AS MAIS LIDAS DA SEMANA