Conecte conosco

MUNDO

Explosão de refinaria mata 26 pessoas na Venezuela

Publicado

em

A maioria dos mortos é de militares da Guarda Nacional Bolivariana; um menino de 10 anos também morreu

Vinte e seis pessoas morreram em explosão no complexo de refinarias de gás e petróleo em Paranaguá, o principal da Venezuela e um dos maiores do mundo. Segundo a agência venezuelana AVN, a maioria dos mortos é de militares da Guarda Nacional Bolivariana; um menino de 10 anos também morreu. Há mais de 50 feridos.

A explosão, que ocorreu à 1h11, foi causada por vazamento de gás propano. A razão do vazamento está sob investigação. O incêndio, de acordo com a agência venezuelana AVN, foi controlado ainda de madrugada, na refinaria Amuay, a maior das três que formam o complexo.

O ministro de Energia e Petróleo da Venezuela, Rafael Ramírez, disse que “o acúmulo de gás criou uma nuvem que explodiu e provocou incêndios em pelo menos dois tanques da refinaria e nas áreas ao redor”, registra a BBC.

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, decretou três dias de luto nacional em respeito às vítimas, a maioria trabalhadores da Petróleos de Venezuela (PDVSA) e da Força Armada Nacional Bolivariana (FANB).

 

 

Fonte: correio24horas.com