Conecte conosco

Destaque

Julgamento do mensalão acaba em 5 x 5. Celso de Mello terá o “Voto Minerva” sobre condenados

Publicado

em

Celso de MelloO Ministro Celso de Mello votará na próxima semana para definir embargos infringentes na Ação Penal 470. Depois de uma longa votação, o voto contrário do Ministro Marco Aurélio Mello empatou “o jogo”.

Não será fácil para o Ministro Celso de Mello decidir seu voto, pois já houve aceitação por Ele, de recurso semelhante em outros processos. Não faltará pressão da mídia tradicional, com largos espaços, até a próxima quarta-feira(18), para fazer carga sobre o mais antigo juiz do STF.

Os embargos começaram a ser julgados, na última quarta-feita(11) e os votos de 5 (Luís Roberto Barroso, Teori Zavascki, Rosa Webber, Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski) contra 2 (Joaquim Barbosa e Luiz Fux) deixaram a expectativa que a decisão aconteceria na sessão de hoje, quinta-feira(12), mas os votos de Carmen Lucia, Gilmar Mendes e Marco Aurélio Mello empataram a disputa.

Na sessão de hoje, Barbosa fez um intervalo da sessão às 17h00. Nos bastidores, acertou que, se houvesse um voto longo, a sessão seria encerrada sem que o decano votasse. O desfecho ficou para a próxima semana.