Leão fica no empate com o Atlético-MG e termina o Brasileirão em quinto - Página Simões Filho
Conecte conosco

Futebol - VITÓRIA

Leão fica no empate com o Atlético-MG e termina o Brasileirão em quinto

Publicado

em

O Botafogo venceu ficou com a última vaga do G-4.

Foi por pouco, mais ainda não será desta vez que o Leão baiano disputará a Taça Libertadores da América. O Vitória não fez sua parte, empatou com o Atlético Mineiro em 2 a 2 no estádio Independência, em Minas Gerais, e ainda não teve uma combinação de resultados favoráveis para a possível classificação para a competição continental. Marquinhos e Maxi Biancucchi marcaram os gols rubro-negros no bom começo de jogo e Ronaldinho, duas vezes, fez os gols do Galo.

O Vitória encerrou o campeonato com 59 pontos e a quinta posição, dois pontos atrás do Botafogo, que ficou com a última vaga do G-4. Mesmo sem a classificação o time fez grande campanha na competição. Nos 38 jogos disputados no Campeonato Brasileiro 2013 foram 16 vitórias, 11 empates e 11 derrotas, com um aproveitamento de 51,8%. Os jogadores do Leão balançaram as redes adversárias 59 vezes e tomou 53 gols.

O jogo – Da forma que precisava, o Vitória realmente foi com tudo para cima do Atlético Mineiro quando a bola rolou no estádio Independência. Depois dos primeiros toques do Galo, o Leão deu o primeiro bote com velocidade no passe de bola e encontrou rapidamente o caminho do gol. Aos 3 minutos, Marquinhos desceu com velocidade pela esquerda, lançou para a área, Juan e Réver dividiram, mas a bola não tocou em nenhum deles, quicou e venceu o goleiro Victor no primeiro gol rubro-negro.
O Vitória continuou em cima e depois de abrir o placar e só precisou de mais dois minutos para ampliar a vantagem. No segundo gol, aos 5 minutos, foi Ayrton quem chegou pela direita, mandou o cruzamento e a sobra na área ficou para Maxi Biancucchi completar, certeiro, e fazer o dele. Depois de começar bem no jogo, o Leão segurou o ritmo de jogo depois dos 20 minutos e começou a dar mais espaço para o Galo armar no meio campo.

Os donos da casa passaram a tomar a iniciativa do ataque e o Leão praticamente não chegava na área de Victor. Chegando menos, mas de forma organizada e perigosa para o Atlético, o Vitória não deixou o Galo dominar o jogo na segunda metade do primeiro tempo, contendo as chegadas na área. Nos acréscimos do primeiro tempo, na cobrança da falta duvidosa marcada por Héber Roberto Lopes, Ronaldinho Gaúcho foi certeiro na cobrança e marcou para o Atlético.

Na volta para o segundo tempo o Vitória começou com mais presença ofensiva e foi o primeiro a criar boa chance de gol. Aos quatro minutos Dinei mandou o chute forte da intermediária, Victor deu o rebote, Marquinhos pegou a sobra mas o bola parou no travessão. O Atlético também se mandou para o ataque e passou a pressionar o Rubro-negro ainda nos primeiros minutos. Aos 9′, Jô faz o pivô para Luan chegar chutando da entrada da área e o empate só não saiu graças à grande defesa de Wilson.

Quando o Galo passou a gostar do jogo e emplacar a sequência de finalizações novamente foram as boas defesa do goleiro rubro-negro que evitaram o empate do mandate. Aos 21′, Jô ajeitou para Fernandinho, ele chutou forte na área e o arqueiro do Vitória salvou mais uma. No último minuto do tempo regulamentar Luiz Gustavo cometeu a penalidade em Ronaldinho Gaúcho e deu a oportunidade do Galo empatar. O próprio Ronaldinho bateu e fez aos 45′.

Atlético Mineiro 2 x 2 Vitória – 38ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data:8/12/2013, dom, 16h
Local: estádio Independência, Belo Horizonte
Árbitro: Heber Roberto Lopes – PR (FIFA).
Assistentes: Rogerio Pablos Zanardo (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Gilberto Silva e Lucas Cândido; Pierre, Donizete (Alecsandro), Luan (Rosinei) e Ronaldinho; Fernandinho (Neto Berola) e Jô. Técnico: Cuca

Vitória: Wilson, Ayrton, Kadu, Renato Santos (Luiz Gustavo), Juan, Marcelo (Tarracha), Caceres, Escudero, Marquinhos, Maxi Biancucchi, Dinei. Técnico: Ney Franco

 Fonte: Ibahia