Conecte conosco

Brasil

Marinha e PF vão atrás de clientes da Shell após vazamento

Empresas da Libéria e Emirados Árabes compraram tambores do lote encontrado no litoral brasileiro

Publicado

em

Metro1 – Os dois clientes da Shell, a Hamburg Trading House FZE, dos Emirados Árabes, e a Super-Eco Tankers Management, na Libéria, que compraram os tambores encontrados com petróleo cru suspeito de contaminar praias do Nordeste, serão acionados pela Marinha e Polícia Federal para prestarem informações.

A Shell confirmou que os tambores são utilizados para armazenar lubrificantes, e não petróleo, e que eles foram produzidos e comercializados por empresas do grupo Shell na Europa e Oriente Médio. O governo está investigando se o produto da empresa é o mesmo que polui o litoral brasileiro desde o fim de agosto. No momento, o objetivo é avançar na trilha logística do produto para encontrar os possíveis responsáveis pelo desastre ambiental no mar brasileiro.

P U B L I C I D A D E
Clique aqui para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta