Conecte conosco

Saúde

‘Mente sã, corpo são’: cuidado com a saúde mental fortalece o sistema imunológico

O autocuidado é um tópico importante a ser trabalhado em momentos de crise para manter uma estabilidade na saúde, tanto mental, quanto física

Publicado

em

Bahia.ba – A frase ‘mens sana in corpore sano’, citação latina da Sátira X do poeta romano Juvenal, que em português significa “uma mente sã num corpo são”, pode ser uma das curas para a pandemia do Covid-19 no mundo.

Calma, a cura do vírus não está na frase em si, mas no que se é feito para manter uma mente sã e um corpo são.

Em meio ao surto que tomou conta do mundo nos últimos meses, a sociedade se tornou mais atenta os cuidados com a higiene pessoal e passou a levar a sério a recomendação das autoridades de se manter em isolamento social, evitando aglomerações nas ruas.

Mas um cuidado em especial vem sendo negligenciado, e estudos, como o da Universidade de John Hopkins, comprovam que estar em sintonia com a mente, ajuda no desenvolvimento de um bom sistema imunológico para evitar a contaminação com o vírus.

Em entrevista ao bahia.ba, o hipnoterapeuta e dentista Diego Wildberger, especialista em gestão do estresse, ressaltou a importância do cuidado com a mente nos períodos de crise.

“Todo tipo de emoção negativa reduz a eficiência do sistema imunológico. Quando você tem uma emoção positiva, pensando em como vai resolver algo, se divertindo com a família, tirando um momento para meditar e criar coisas novas, você tá fortalecendo o seu sistema imunológico e ficando mais resistente ao vírus”, afirmou.

Segundo o master trainer em hipnose clínica e terapêutica, a falta de acesso a informações é um agravante para que as pessoas não se atentem ao cuidado da mente. A recomendação do profissional é de que todos esses cuidados sejam balanceados, para que a frase realmente faça efeito.

Em uma explicação rápida, Diego Wildberger mostra como a falta de conexão com a mente pode afetar o sistema imunológico.

“O stesss aumenta a adrenalina, a noradrenalina e cortisol. A adrenalina é o que vai dar taquicardia, sudorese, pensamento na coisa negativa, ficar antecipando situações hipotéticas do futuro, o cortisol vai funcionar como uma anti-inflamatório no corpo, quando você mantem um estado de stress por muito tempo, você mantem também o cortisol por muito tempo e ele vai começar a combater as suas células de defesa e sua imunidade baixa”.

Especialista em hipnose, Diego utiliza do seu trabalho como uma das soluções para essa situação. O hipnoterapeuta realiza sessões de meditação online em seu perfil no Instagram com mais de 200 pessoas assistindo simultaneamente.

“A meditação e a hipnose vai ativar o sistema parassimpático, vai reduzir a quantidade de adrenalina, cortisol e noradrenalina no organismo e vai produzir hormônios de bem estar, endorfina, dopamina, serotonina e ocitocina”.

Mas em momentos de isolamento social e de crise, como fazer para manter a mente e o corpo são? Para Diego, e outros profissionais da área, a dica é básica e não precisa gastar muito para se dedicar ao autocuidado.

“Atividade física, leitura, planejamento de como você vai planejar a sua vida depois que tudo isso acontecer, uma alimentação saudável, beber bastante água, sono reparador. Tudo isso ajuda no fortalecimento do sistema imunológico. Além de yoga, exercícios físicos, hipnose, tudo isso ajuda bastante”.

P U B L I C I D A D E