Conecte conosco

Brasil

Nassif: Não existe interfone no condomínio de Bolsonaro

Publicado

em

EsmaelMorais – O jornalista Luis Nassif afirmou nesta quinta-feira (31) não há interfone no condomínio Vivendas da Barra, onde mora o presidente Jair Bolsonaro (PSL), logo, deduz, não teria como o porteiro interfonar para a casa 58.

“Se fizer jornalismo, a Globo conseguirá ressuscitar a denúncia”, orienta Nassif, experiente repórter, que critica o vício do jornalismo prato pronto, herdado da Lava Jato, que transformou a imprensa em mera publicadora de releases. “Agora, é tratar de ressuscitar o morto, o jornalismo.”

“No caso de Bolsonaro, as ligações são para seu celular”, escreve Nassif, que, por meio de sua fonte fidedigna, explica:

1- O condomínio abriu mão de interfones, por ser caro e por problemas de instalação. Optou-se por telefonar ou para o celular ou para o telefone fixo de cada proprietário;

2- No caso de Bolsonaro, as ligações são para o próprio celular de Bolsonaro. E é ele quem atende. O que significa que a versão do porteiro não era descabida. Ou seja, o fato de estar em Brasilia não o impedia de atender o telefone;

3- Carlos Bolsonaro, o Carluxo, também recebe os recados pelo celular. Em geral, fica pouco no condomínio, pois prefere permanece em seu apartamento na zona sul. Mas porteiros ouvidos por moradores sustentam que, naquele dia, ele estava no condomínio; e

4- O porteiro do depoimento está de férias. Mas moradores do condomínio foram, por conta própria, conversar com os demais porteiros. E eles garantiram que a ligação foi feita para Bolsonaro mesmo.

Sobre essa questão de interfone funcionar no celular, o publicitário curitibano Maurício Betti conta em seu Twitter que utiliza esse sistema desde 1999, portanto há 20 anos ele destrava e trava o portão pelo telefone.

“Era 1999….. e na minha casa instalei um interfone que eu atendia no celular…. podia até destravar a trava do portão…. simmmm, no Brasil!”, corrobora o publicitário com a matéria de Luis Nassif, em seu Jornal GGN.

P U B L I C I D A D E