OPINIÃO: CHEGA DE BLÁ BLÁ BLÁ ! OU 2020 TÁ PERDIDO
Conecte conosco

Colunistas

OPINIÃO: CHEGA DE BLÁ BLÁ BLÁ! A HORA É DE AÇÃO, OU 2020 TÁ PERDIDO

Publicado

em

Prefeito Dina Simões Filho

Há dois anos, perto de completar os cem primeiros dias da gestão Dinha/Sid Serra, escrevi texto em que relatei a postura de vários vereadores da base do prefeito que insistiam em citar, nas sessões ordinárias da câmara, os nomes do então ex-prefeito Eduardo Alencar e do Governador Rui Costa.

Ainda faltava muito para as eleições de 2018.

NÃO ADIANTOU, OS ADVERSÁRIOS SAÍRAM VENCEDORES

Acontecem as eleições e o resultado das urnas provou que a estratégia dos vereadores foi equivocada. Não adiantou a tentativa de desconstruir as imagens dos dois principais adversários do prefeito Dinha – Rui Costa e Eduardo Alencar.

AS LIÇÕES NÃO FORAM APRENDIDAS

Apesar dos fatos, ao que parece, os vereadores não entenderam e não aprenderam nada.

Ficou claro que o agora deputado estadual Eduardo Alencar, tem um eleitorado que não deve ser desprezado.

O deputado conta com o apoio do seu irmão, senador Otto Alencar, que também foi muito bem votado na cidade e o apoio de Edson Almeida, ex-prefeito de Simões Filho, conhecido pelo seu carisma e popularidade.

A EXPLICAÇÃO É O MEDO

Diante disso, a única explicação para a insistência na mesma tática fracassada, só pode ser o MEDO. Exatamente isso, MEDO de que Eduardo Alencar seja candidato a prefeito nas próximas eleições e saia vencedor.

A SOLULÇÃO

Bastaria só um pouco de sensatez aos, nobilíssimos edis, para que os mesmo percebessem que seria muito mais interessante e proveitoso, eleitoralmente, falar dos mais de cinquenta milhões em investimentos em infraestrutura que o prefeito Dinha pretende realizar até o final do seu mandato.

Falar das ações implementadas para o combate à violência contra a mulher, ações de combate ao crime, números relacionados à iluminação pública, investimentos na educação e na saúde, no esporte e por ai vai…

NÃO DÁ PARA ENTENDER

Não dá para compreender como vereadores tão experientes na vida pública, a exemplo do presidente da casa, vereador Orlando de Amadeu, continuem numa retórica tática, agressiva, repetitiva e inútil na desconstrução da imagem do deputado Eduardo Alencar.

Não dá para entender como pode, o prefeito Diógenes Tolentino, tão astuto para muitos, não “olhar para os lados” e continue seguindo em frente como se não percebesse ou fingisse não enxergar aquilo ou aqueles que corroem sua gestão apenas para manterem seus valiosíssimos ganhos.

Eu falei gestão?

Sim é isso!

Gestão.

Caso o prefeito não tenha notado ou anotado, deixo aqui uma observação:

2017, primeiro ano da gestão Dinha/Sid Serra, foi o que podemos considerar, o melhor dos últimos seis anos na gestão municipal, quando levamos em conta benefícios à população.

Curiosamente, em 2017, Dinha manteve, praticamente, todos os fornecedores da gestão do ex-prefeito Eduardo Alencar, tudo correu bem.

Mas, quase um ano e meio depois, quando Dinha começou a executar as substituições desses fornecedores, surgiram diversas dificuldades e os problemas que são enfrentados até o momento, evidenciam que o prefeito não tem um time de profissionais que dê a Ele – Dinha, a tranquilidade para fazer política e gestão em níveis acima dos ideais para uma próxima vitória.

Ao prefeito lhe falta exatamente isso, um bom time.

Com experiência acumulada, capaz de assegurar que nada saia errado ou que sejam minimizados problemas de gestão e jurídicos futuros.

Não adianta a boa vontade, apenas.

Não adianta todos os argumentos utilizados para justificar que o povo deva continuar acreditando e votando em Dinha e seus indicados.

Não dá mais tempo para blá blá blá de vereador desatento raivoso.

Caso contrário, os fatos políticos que acontecerão daqui por diante terão força capaz de impor ao prefeito uma inesperada derrota em 2020.

O tempo está passando.

Optimized with PageSpeed Ninja