How to Share With Just Friends

How to share with just friends.

Posted by Facebook on Friday, December 5, 2014
Conecte conosco

Colunistas

OPINIÃO: SIMÕES FILHO TEM 140 MIL CASOS POSSÍVEIS DE COVID-19

Se a população continuar ouvindo o ‘escroto’ e desafiando o vírus o preço poderá ser muito alto

Publicado

em

SIMÕES FILHO TEM 140 MIL CASOS POSSÍVEIS DE COVID-19

Até aqui são três casos confirmados, em Simões Filho, com a COVID-19, doença causado pelo contágio pelo CORONAVÍRUS.

Boa parte da população está buscando se proteger. Ficando em casa, evitando aglomerações, lavando as mãos com álcool em gel, usando máscaras quando necessário e evitando estar nas ruas sem uma razão realmente necessária.

No entanto, uma outra parte do povo da cidade não está nem aí para o vírus e para as recomendações de precauções orientadas pelas autoridades, Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo Ministério da Saúde, pelo governo do estado e pela prefeitura Municipal.

Muitas dessas pessoas que passaram a ignorar o perigo do coronavírus são apoiadores do ocupante do Palácio do Planalto. Um porra louca que mostra desprezo pela vida humana e, portanto, não pode ser chamado de outra coisa a não ser de ‘escroto’.

Uma parcela desses loucos apoiadores, estão disseminando um monte de baboseiras sobre ‘inimigos do presidente’ e até sustentam a imbecilidade de que a pandemia que alterou os rumos da humanidade não passa de um jogo político para derrubar o tal ‘escroto’ ocupante do palácio do Planalto.

Ideologizaram o vírus. É um vírus da esquerda comunista.

Defendem o ‘escroto’ como se estivessem defendendo um especialista em virologia, uma sumidade em economia, e, depois de ontem, domingo de páscoa, um ressuscitado, como ele mesmo fez questão de falar em uma Live dirigida ao seu gado.

A desgraça de toda essa imobilização é que, em Simões Filho muitas pessoas parecem estar sob o efeito de um ‘cigarrinho do capeta’ ou seria sob a hipnose do berrante do ‘escroto’.

Empresários passaram a pressionar o prefeito para que o mesmo ponha um fim na decisão de fechar o comércio, libere geral, deixa ‘o povo se lascar’ desde que comprem em suas lojas.

Enquanto não tínhamos sequer casos suspeitos, já alertávamos aqui, que Simões Filho precisava se preparar para o pior, e desde então, apoiadores do prefeito passaram a atacar veículos da imprensa local com calúnias e ‘carimbando’ todas as matérias publicadas a respeito da pandemia como ‘Fake News’.

Do outro lado, opositores ao prefeito apontam falhas e alguns, até acusam o prefeito Dinha de ‘fazer parte do complô’ que quer derrubar o escroto’.
A que ponto chegamos.

O prefeito Dinha apoiou a eleição de Bolsonaro, mas, sentado na cadeira de prefeito, percebe o quanto seus esforços estão sendo prejudicados pela postura do ‘escroto do Plananto’.

Se não bastasse isso, uma parte do gado que continua insana em meio à fumaça entorpecente do cigarro do capeta, e ataca o prefeito numa clara demonstração de oportunismo eleitoral, sustentada na ideia de que uniformes do passado lhes dão direito a ameaças a quem não concorde em OBEDECER ao toque do berrante do ‘escroto’.

Mas vemos também, loucos mencionando que cancelamento do carnaval seria a solução, que o povo não precisa estocar papel higiênico uma vez que, o coronavírus não dá diarreia.

Pois é, é possível ver e ouvir de tudo em Simões Filho.

O que veremos nas próximas semana?

Um prefeito cedendo às pressões e reabrindo o comércio para não correr risco eleitoral?

O povo continuar numa vibe louca de que ‘Deus não vai permitir que o vírus chegue a Simões Filho’?

Oportunistas tentando jogar os permissionários dos mercados e pequenos empresários locais, contra o prefeito, visando uma cadeira na câmara municipal?

As ruas com aglomerações por aqueles que atenderam ao berrante do ‘escroto do Planalto’?

Ou veremos tudo isso junto, ao mesmo tempo, agora?

Segundo o IBGE, Simões Filho tem, aproximadamente, 140 mil habitantes.
Esse é o número de possíveis infectados pelo CORONAVÍRUS nos próximos meses.

Achou muito? Então vamos ficar só com 10%, tá bom pra você?

Caso a população continue ignorando o perigo da pandemia, o que noticiaremos em breve, será, possivelmente, a morte de muitos, nossos vizinhos, amigos, parentes, conhecidos…

Mortos por uma simples ‘gripezinha’ ou um ‘resfriadinho’ como disse o ‘escroto do Planalto.’

Enquanto as lamentações não veem, vamos contando:

É um, pá pá pá
É dois, pá pá pá
É três, pá pá pá…

P U B L I C I D A D E