OPINIÃO: VEREADORES, OU VOCÊS MORDEM, OU VOCÊS ASSOPRAM, PONTO. - Página Simões Filho
Conecte conosco

CIDADES

OPINIÃO: VEREADORES, OU VOCÊS MORDEM, OU VOCÊS ASSOPRAM, PONTO.

Publicado

em

Não dá para falar mal de secretários e em seguida parabenizar o prefeito.

É provável que se um eleitor perguntar a alguns vereadores, quantas secretarias tem a atual gestão, eles pedirão um tempo para tentar contar, mentalmente, para responder; se perguntar pelos nomes dos secretários, então…

Os discursos desalinhados e fora de sintonia com a gestão estão descortinando uma situação que deverá fazer com que o prefeito seja forçado a tomar decisões drásticas, antes que os prejuízos políticos se tornem concretos.

A tática usada de, depois de duras críticas aos secretários, tecer longos elogios ao prefeito, não está tendo o efeito esperado pelos desatentos edis, uma vez que não há como dizer que a gestão está bem, mas os secretários não trabalham, é no mínimo, incoerente.

Outro ponto que deve ser observado pelos destrutivos aliados, é a falta de clareza nas reclamações. Não dá para criticar a produtividade de secretários de forma abstrata, sem apontar as falhas detectadas.

É preciso dar nomes.

Ou dá os nomes, ou todo o secretariado será visto como alvo das críticas, como incompetentes, improdutivos, preguiçosos.

“Jogar para a galera” com o discurso de que secretário de fora não pode ser nomeado e receber o dinheiro do município sem trabalhar, cria um constrangimento gigantesco para o prefeito, pois é preciso lembrar que esse discurso já não cabe, e se assim continuarem, o preço político poderá ser alto.

O que os eleitores têm presenciado nas últimas sessões, são verdadeiras peças de teatro do absurdo, onde alguns vereadores, passam a criticar, duramente, secretários, mas ressalvam com parabéns ao prefeito e aos seus secretários. Não dá para entender! A conta não bate.

Talvez, o que esteja acontecendo é o desnudar da mais dura realidade quanto ao despreparo de alguns sentados e assentados, para assumir uma cadeira no parlamento municipal para representar o povo.

Ouve-se nas rodas de conversas, comentários sobre a qualidade do legislativo atual, no que diz respeito à representatividade popular e de grupo político. Quase sempre esses comentários refletem desânimo e decepção.

Muitos desses comentários projetam prováveis problemas que o prefeito Diógenes Tolentino – DINHA, irá enfrentar, nos próximos meses, por conta da falta de noção e traquejo político, principalmente, para tecer comentários sobre a produtividade dos secretários da gestão do prefeito DINHA, os quais foram escolhidos a dedo, para compor seu corpo administrativo, com base em seus currículos e suas histórias profissionais.

Cabe aqui uma reflexão: se os secretários, com seus currículos e suas experiências, tivessem uma única sessão para falar dos desempenhos dos vereadores, o que ouviriam os eleitores?…

Não se pode generalizar críticas e não citar nomes por medo, jogando para população o trabalho de identificar quem são os alvos das críticas parlamentares.

Os resultados de uma boa gestão, são alcançados por uma equipe, onde o gestor [prefeito] é o líder e seus secretários, são seus representantes imediatos, executando ações e ordens sob a decisão e o aval do seu líder, do seu chefe, o prefeito. Ou seja, se o desatento edil critica o secretário, vociferando palavras que encantam a plateia, ele deve entender que está criticando indiretamente, o prefeito, vociferando e jogando para a galera.

Acreditem, parabenizar o prefeito, depois da descarga puxada, não cola.

O prefeito DINHA certamente já ouviu o ditado que diz que quem acompanha morcego, pode acordar de cabeça para baixo.

Um olhar mais apurado poderá revelar que a oposição ao prefeito está sendo feita por alguns, estupidamente declarados, aliados, e quem tem aliados assim, não precisa de oposição.

Por isso, vereador, ou você morde, ou você assopra.

Em tempo;

Acredita-se que expressão MORDE E ASSOPRA, tenha surgido a partir da observação feita sobre o comportamento dos morcegos.

Os morcegos são conhecidos por sugarem o sangue de suas vítimas, sem que estas percebam.

Na tentativa de explica este fato, antigamente as pessoas alegavam que o morcego assoprava a ferida feita nas suas presas para poder aliviar a dor.

MORDE E ASSOPRA é uma expressão popular utilizada para se referir ao comportamento de uma pessoa hipócrita e falsa, que age de modo incorreto e depois muda a sua atitude, repentinamente.

Quando se diz que determinado indivíduo “morde e assopra” significa que magoa os outros, com atos ofensivos, mas depois começa a querer agradar a pessoa anteriormente ofendida, pedindo desculpas e agindo como se nenhuma situação desagradável tivesse acontecido.

Ao que está sendo notado, diga-se de passagem, em ano eleitoral, alguns aliados do prefeito Dinha, não câmara de vereadores, estão se comportando como verdadeiros morcegos.

A melhor forma de se combater morcego, é com uma boa dedetização.

O atento navegante pode estar perguntando porque razão na citei os nomes dos críticos vereadores, a resposta é simples, para que eles entendam que uma crítica genérica atinge a todos.