Conecte conosco

Brasil

Oposição se une e pede afastameto de Bolsonaro

Formou-se uma unanimidade pela saída do presidente

Publicado

em

ConversaAfiada – A postura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em meio a pandemia do coronavírus fez com que as peças começassem a se mover pelo seu afastamento.

Na última segunda-feira (31/03), lideranças da oposição divulgaram um manifesto em que pedem renúncia de Jair Bolsonaro, por ser ser “um presidente da República irresponsável”, que agrava a pandemia do coronavírus.

Representantes do PT, PDT, PSB, PCdoB e Psol criticaram a conduta de Bolsonaro no enfrentamento do coronavírus e afirmaram que o presidente é o “maior obstáculo” para o governo federal tomar decisões para “reduzir a evolução do contágio, salvar vidas e garantir a renda e o emprego” no país.

O manifesto, como informou ontem o Conversa Afiada,  é endossado pelos ex-presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Fernando Haddad (PT) e Guilherme Boulos (Psol), adversários de Bolsonaro nas eleições de 2018. 

Na mesma direção, o PSDB também classificou o presidente como “irresponsável”, de acordo com o Valor Econômico.

“Todos os esforços isolados e solidários que vêm sendo seguidos pelo país afora correm risco de serem comprometidos pela postura irresponsável adotada pelo presidente em relação ao tema”, diz o PSDB, em nota divulgada ontem.

Para os tucanos, o Brasil se ressente de falta de liderança. “Mais uma vez, o presidente demonstra não estar à altura do que merece o povo brasileiro.” O partido afirmou que Bolsonaro, com suas atitudes, “deseduca, desorienta e causa ainda mais intranquilidade e insegurança a uma população já atônita com o avanço da doença e com a grave crise econômica que bate à sua porta”. 

P U B L I C I D A D E