Conecte conosco

Simões Filho

Péssima qualidade: Agerba admite a baixa quantidade de ônibus servindo Simões Filho

Publicado

em

Foto: Tácio Moreira / Metropress

A tarefa diária de ir trabalhar é ainda mais difícil para os moradores de Simões Filho, cidade da Região Metropolitana de Salvador, que dependem do transporte público. Além da demora, é preciso lidar ainda com a insegurança e falta de infraestrutura do sistema. A promotora de vendas Paula Motta, que mora em Simões Filho e vem a Salvador diariamente para trabalhar, já perdeu as contas de quanto tempo perdeu no ponto de ônibus e quantos acidentes já presenciou por causa da irresponsabilidade de motoristas de ônibus e micro-ônibus.

O último caso aconteceu na segunda-feira (16), quando uma idosa se livrou por pouco de ser atropelada ao ter que ir para o meio da rua para conseguir embarcar em um ônibus. “É uma total falta de respeito, porque eles [micro-ônibus do transporte municipal] fazem hora em todos os pontos da cidade. Com isso, a Expresso Metropolitano, que faz a linha intermunicipal, não para mais no ponto de ônibus, para no meio da rua”, explica.

Ainda segundo a representante de vendas, a Prefeitura não toma nenhuma providência para conter as irregularidades cometidas pelos permissionários, que receberam da Prefeitura o direito de operar as linhas do transporte público no município. “O secretário de transporte da cidade está no cargo desde 2012 e não faz nada. Não tem fiscalização nenhuma, nem de manhã, nem de tarde. À noite, piorou”, conta.

Transporte intermunicipal é ainda pior

A situação é ainda pior com os ônibus que fazem a linha intermunicipal. Moradora do bairro de Mapele, um dos mais prejudicados pela falta de transporte, a estudante Marcela Lopes conta o martírio para conseguir chegar ou sair da cidade durante os finais de semana.

“Domingo, o transporte dentro de Simões Filho não existe. Se você quer ir em Simões Filho, vai ter que pegar um ônibus da Expresso Metropolitano, que aparece de uma em uma hora ou mais, saltar no entroncamento ou na Ilha de São João, esperar um Simões Filho da Expresso e ir. Na volta é o mesmo percurso. Transporte lá? Pense numa porcaria. Agora some, multiplique, triplique. É isso aí e mais um pouco. Domingo, não funciona transporte nenhum”, conta a estudante.

A centralização aparente do transporte intermunici- pal com a empresa Expresso Metropolitano também é questionada pelos usuários do sistema, que reclamam da falta de linhas suficientes para o trajeto.

Secretário nega irregularidade
Já o secretário de transporte de Simões Filho, Denyson Santana, negou as irregularidades cometidas pelos ônibus que operam dentro da cidade e a falta de fiscalização efetiva. “Fiscalizamos tanto ‘in loco’, como a fiscalização por meio de GPS, o cumprimento dos horários e itinerários. O transporte é feito de forma individualizada. É dado pelo poder público uma permissão individual para você explorar uma linha, e nós temos 180 permissionários”, explica. Segundo os usuários do sistema, o baixo número de fiscais prejudica o serviço e dificulta o acompanhamento, resultando no maior número de ônibus clandestinos.

Número de linhas espantou até a Agerba
Pelo visto, as reclamações da população ainda não tinham chegado aos ouvidos da Agerba. Ao Jornal da Metrópole, o próprio coordenador do órgão, Ab-dul Ramid, espantou-se com o número destinado à cidade, pouco depois de afirmar que  a quantidade de linhas não era tão pequena assim.

“Tem muita alteração aos domingos. Reduz bastante mesmo, viu? Por exemplo, na linha Simões Filho-Lapa, aos domingos só tem 6h, 9h30, 13h e 16h. Nós temos 16 horários [durante a semana]. Reduziram para quatro”, disse. “Temos três empresas que operam na localidade de Simões Filho: a Expresso Metropolitano, a Litoral Norte e a Viação Sol de Abrantes. Temos 524 horários [semanais] partindo de Simões Filho em 24 linhas”, afirmou.

Abaixo-assinado é solução?
E a situação do transporte de Simões Filho deve piorar com as mudanças que serão implantadas nas novas estações de transbordo de Salvador, desviando muitas linhas e obrigando a população a mudar o roteiro. De acordo com o coordenador da Agerba, Ab-dul Ramid, a solução é reclamar. “Eu oriento que a comunidade entre em contato com a Agerba através de um abaixo-assinado colocando em pauta esse assunto da redução de horários que a diretoria da Agerba irá chamar as empresas”, explica.

Metro1

Vereadores

JUSTIÇA BARRA ALTERAÇÕES NO PDDM APROVADAS NA CÂMARA, ONTEM, 28/09

O moivo foi a falta de paticipação popular na elaboração do Plano

Publicado

em

vereador Roberto Souza

A solicitação de Mandado de Segurança foi feita pelo vereador Roberto Souza.

A decisão foi tomada pela Primeira Vara da Fazenda Pública na pessoa da juíza Mabile Machado Borba que decidiu pela suspensão do ato que deu motivo ao pedido.

A votação em segunda sessão foi feita em clima de acirrados debates e constestações por parte dos vereadores contrários à votação.

A alegação para o pedido de suspensão dos atos, se deu sob aalegação de que não houve a eficaz participação da sociede civil, associações de empresários, comerciários, lideranças comunitárias e autoridades eclesiásticas.

Leia matéria completa do Redação Nacional clicando aqui

Continuar Lendo

Vereadores

Câmara aprova três Projetos de Lei do Executivo em segunda discussão

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira (27), na 22ª Sessão Ordinária, vereadores aprovaram, em segunda discussão, três Projetos de Lei (PLs) de autoria do Poder Executivo. O de nº 035/2021, que dispõe sobre alterações no Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal (PDDM); o de n 036/2021, que dispõe sobre alterações no Código de Posturas do município e o de nº 037/2021, que dispõe sobre alterações no Código de Urbanismo do município. Todos os PLs citados já tinham sido aprovados em primeira discussão na 21ª Sessão Ordinária, realizada na última terça-feira (21).

SOBRE O PDDM
O PDDM é um instrumento que estabelece regras para o desenvolvimento da cidade. Se refere à definição de diretrizes gerais objetivando ordenar o pleno desenvolvimento das funções sociais da cidade e garantir o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida de seus habitantes. A elaboração do Plano Diretor é de iniciativa do Executivo, por intermédio de seus órgãos de planejamento, e dele deverão constar, como conteúdo básico, a análise e diagnósticos dos sistemas urbanos do município, projeções relativas à demanda real de equipamentos, infra-estrutura, serviços urbanos e atividades econômicas em geral.

Além disso, o Plano Diretor definirá áreas de renovação urbana ou reurbanização (são aquelas sujeitas a processo de deterioração ou inadequação às funções previstas na Ocupação e Uso do Solo, que deverão ser objeto de intervenção para melhoria de suas condições), áreas de preservação cultural e paisagística, bem como áreas de interesse turístico.

Na mesma sessão, foram aprovadas as indicações de autoria dos vereadores Eugênio Pacelli (PCdoB) – que solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Rua Argentina, no bairro do Jardim Renatão, Del Capoeira (SOLIDARIEDADE) – que solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Rua D, no bairro do Jardim Renatão, e Jackson Bomfim (DEM) – que solicita ao Poder Executivo a implantação do Projeto Saúde Visual nas escolas municipais.

Continuar Lendo

Vereadores

ENTREVISTA: VEREADOR ITUS RAMOS FALA DOS PRIMEIROS MESES COMO VEREADOR, EXPECTATIVAS E REALIDADES E PRÓXIMAS ELEIÇÕES

O Vereador fez questão de afirmar apoio à deputada Kátia Oliveira

Publicado

em

VEREADOR ITUS RAMOS FALA DOS PRIMEIROS MESES COMO VEREADOR, EXPECTATIVAS E REALIDES E PRÓXIMAS ELEIÇÕES

Em entrevista ao radialista Ataíde Barbosa, no programa Panorama de Notícias, nesta quinta-feira, 23 de setembro, o vereador relatou como está sendo sua experiência como parlamentar do município.

O vereador abordou diversos pontos que ele considera positivos na gestão do prefeito Diógenes Tolentino – Dinha.

Itus Ramos fez questão de reafirmar seu apoio à reeleição da deputada Kátia Oliveira para novo mandato na Assembleia Legislativa da Bahia.

O meu grupo estar empenhado em reeleger a deputada Katia. Estamos trabalhando não só em Simões filho como em outras cidades.

Katia e Azi merecem o voto do nosso povo por que trabalham de verdade por Simões Filho trazendo emendas que ajudam a cidade a desenvolver a cidade.” Declarou Itus

Segundo o vereador, “Katia irá dobrar sua votação em Simões filho por que quem votou nela tem orgulho de ter votado e quem não votou estar vendo o quanto ela trabalha pelo nosso povo!” completou

Assista a entrevista completa abaixo:

Caso, não esteja vendo esse vídeo aqui, clique aqui para acessar a página do Panorama de Notícias

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA