Conecte conosco

Dinheiro & Negócios

Em Simões Filho, autorizatários do Novo Mercado Municipal recebem chaves e alvarás de funcionamento

Publicado

em

Simões Filho: Autorizatários do Mercado recebem chaves e alvarás de funcionamento

Simões Filho: A Prefeitura de Simões Filho entregou as chaves e os alvarás de funcionamento aos autorizatários do Novo Mercado Municipal. A entrega aconteceu nesta sexta-feira (29) e os feirantes agradeceram a iniciativa. 

Para o representante dos autorizatários do Mercado, membro da comissão, Sérgio Magalhães, receber as chaves foi um momento importante e representa a esperança. “É com muita alegria que a gente recebe essas chaves. Essa foi uma obra que aguardamos há mais de 30 anos. Estamos muito felizes e eu também quero agradecer a prefeitura na pessoa do prefeito e toda sua equipe”, comentou.

ENCONTRO

Durante o encontro, os autorizatários assinaram o contrato, receberam a chave, o alvará de funcionamento e esclareceram duvidas. 

“O nosso sentimento de gratidão é enorme, pois estávamos esperando isso há muito tempo. A Prefeita, com muito respeito, seriedade e transparecia, fez acontecer esse sonho coletivo e hoje estamos aqui, para receber as chaves”, disse Damião, autorizatários.

O Mercado Municipal vem recebendo intervenções de reforma e ampliação, com a reestruturação de todo o equipamento. As obras são executadas pela Prefeitura de Simões Filho e muito em breve, estará à disposição da população. O novo equipamento foi dividido em setores: Anexo 1 – Mercado; Anexo 2 – Produtos e Serviços; Anexo 3 – Frutos do Mar; e Anexo 4 – Restaurantes e Bares.

Dinheiro & Negócios

Desmentindo Bolsonaro: “Bancos não perdem dinheiro com o PIX” diz presidente do BC

Não é verdade que as instituições financeiras estão perdendo dinheiro com a nova ferramenta.

Publicado

em

"Bancos não perdem dinheiro com o PIX" diz presidente do BC ao desmentir Bolsonaro

Sentido os efeitos das manifestações pela democracia, o presidente Jair Bolsonaro (PL) declarou que a adesão dos bancos a carta pela democracia ao que chamou de “paulada” do Pix.

Como resposta, o presidente do Banco Central (BC) do Brasil, Roberto Campos Neto, disse, nesta quinta-feira (11), que não é verdade que as instituições financeiras estão perdendo dinheiro com a nova ferramenta.

“Eu quero já dizer que não é verdade que os bancos perdem dinheiro com o Pix. Inclusive, a gente deve, em algum momento, soltar algum tipo de estudo mostrando isso. Você tem uma perda de receita em transferência, mas, por outro lado, novas contas são abertas, novos modelos de negócio são gerados, você retira dinheiro de circulação, o que é um custo enorme para o banco, você aumenta a transação, então o transacional aumenta”, disse.

Ainda no final de julho, Bolsonaro havia afirmado que tinha “acabado com o monopólio dos bancos”.

“Você pode ver, esse negócio de carta aos brasileiros, à democracia, os banqueiros estão patrocinando. É o Pix que eu dei paulada neles, os bancos digitais que nós facilitamos”, disse na ocasião.
No entanto, durante uma palestra na 32ª edição da Febraban Tech, evento da Federação Brasileira de Bancos, em São Paulo, Campos Neto afirmou que os bancos participaram do desenvolvimento do pix.

Ele ressaltou, ainda, que as instituições entenderam, no processo de construção da ferramenta de pagamento, que todos os participantes sairiam no lucro.

“O sistema (Pix) foi construído por todo o sistema financeiro. Os bancos ajudaram muito, botaram propaganda bonita, fizeram um marketing muito bom”, acrescentou.

Continuar Lendo

Dinheiro & Negócios

Sai hoje!

Pagamento do Auxílio Gás também começa hoje.

Publicado

em

primeira parcela do auxílio brasil de 600 reais

Do Tudo é Política – A Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta terça-feira (9) a parcela de agosto do Auxílio Brasil e do Auxílio Gás. Recebem hoje os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 1. Esta é a primeira parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.

A emenda constitucional também liberou a inclusão de 2,2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. Com isso, o total de beneficiários atendidos pelo programa sobe para 20,2 milhões a partir deste mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Em janeiro, o valor mínimo do Auxílio Brasil voltará a R$ 400, a menos que uma nova proposta de emenda à Constituição seja aprovada. Tradicionalmente, as datas do Auxílio Brasil seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês. No entanto, uma portaria editada no início deste mês antecipou o pagamento da parcela de agosto para o período de 9 a 22.https://audio.audima.co/iframe-thin-local.html?skin=thin&statistic=false

© Marcello Casal JrAgência Brasil
© Marcello Casal JrAgência Brasil

A Caixa Econômica Federal começa a pagar nesta terça-feira (9) a parcela de agosto do Auxílio Brasil e do Auxílio Gás. Recebem hoje os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) com final 1. Esta é a primeira parcela com o valor mínimo de R$ 600, que vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada em julho pelo Congresso Nacional.

A emenda constitucional também liberou a inclusão de 2,2 milhões de famílias no Auxílio Brasil. Com isso, o total de beneficiários atendidos pelo programa sobe para 20,2 milhões a partir deste mês.

O beneficiário poderá consultar informações sobre as datas de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas em dois aplicativos: Auxílio Brasil, desenvolvido para o programa social, e Caixa Tem, usado para acompanhar as contas poupança digitais do banco.

Foto: Reprodução/Agência Brasil
Foto: Reprodução/Agência Brasil

Em janeiro, o valor mínimo do Auxílio Brasil voltará a R$ 400, a menos que uma nova proposta de emenda à Constituição seja aprovada. Tradicionalmente, as datas do Auxílio Brasil seguem o modelo do Bolsa Família, que pagava nos dez últimos dias úteis do mês. No entanto, uma portaria editada no início deste mês antecipou o pagamento da parcela de agosto para o período de 9 a 22.

Auxílio Gás

O Auxílio Gás também será pago hoje às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com NIS final 1. Com valor de R$ 110 em junho, o benefício segue o calendário do Auxílio Brasil.

Com duração prevista de cinco anos, o programa beneficiará 5,5 milhões de famílias até o fim de 2026. O benefício, que equivalia a 50% do preço médio do botijão de 13 quilos nos últimos seis meses, será retomado com o valor de 100% do preço médio, o que equivale a R$ 110 em agosto . Esse aumento vigorará até dezembro, conforme emenda constitucional promulgada pelo Congresso.

Pago a cada dois meses, o Auxílio Gás originalmente tinha orçamento de R$ 1,9 bilhão para este ano, mas a verba subiu para R$ 2,95 bilhões após a promulgação da emenda.

Só pode fazer parte do programa quem está incluído no CadÚnico e tenha pelo menos um membro da família que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC). A lei que criou o programa definiu que a mulher responsável pela família terá preferência, assim como mulheres vítimas de violência doméstica.

Benefícios básicos

O Auxílio Brasil tem três benefícios básicos e seis suplementares, que podem ser adicionados caso o beneficiário consiga emprego ou tenha filho que se destaque em competições esportivas, científicas ou acadêmicas.

Podem receber os benefícios extras as famílias com rendaper capitaaté R$ 100, consideradas em situação de extrema pobreza, e até R$ 200, em condição de pobreza.

AAgência Brasilelaborou um guia de perguntas e respostas  sobre o Auxílio Brasil. Entre as dúvidas que o beneficiário pode tirar estão os critérios para integrar o programa social, os nove tipos diferentes de benefícios e o que aconteceu com o Bolsa Família e o auxílio emergencial, que vigoraram até outubro do ano passado.

Continuar Lendo

Dinheiro & Negócios

Dia dos Pais no Novo Mercado

Publicado

em

Dia dos pais no novo mercado municipal de Simões Filho

O Dias dos Pais é a quarta data mais importante para o varejo baiano. Este ano espera-se um crescimento médio de 5% em relação ao ano anterior, segundo o presidente do Sindicato dos Lojistas do Comércio do Estado da Bahia (Sindilojas), Paulo Motta.


O destaque serão os bens não duráveis como roupas, sapatos, cintos, carteiras de couro…
O ponto preocupante é que o crédito permanece com juros muito altos o que provoca queda nas vendas e resfriamento do varejo.


Em Simões Filho, há uma grande expectativa do novos autorizatários do Novo Mercado Municipal uma vez que será a primeira data comemorativa depois da reinauguração. O otimismo está no ar.


Outro fator que deverá provocar queda nas vendas em lojas físicas é opção de compra nas lojas online, o e-comerce.


O dia dos Pais será comemorado no próximo dia 14(domingo) e é previsto que haja geração de novas vagas de emprego no setor com o funcionamento normal das atividades econômicas.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho