Conecte conosco

CIDADES

Prefeitura promove ação educativa contra a poluição sonora em Simões Filho

Publicado

em

A Prefeitura de Simões Filho, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente (Seduma), em parceria com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), Polícia Militar (PM) e Guarda Municipal (GM), está realizando ações educativas de conscientização e combate à poluição sonora, que é considerada crime ambiental.

Na campanha Educasom – realizada no último final de semana, agentes da Seduma, Semop, PM e GM alertaram os motoristas, que possuem caixas de som, e responsáveis por bares, sobre a legislação vigente, níveis de decibéis permitidas e sobre os transtornos ocasionados pela poluição sonora. A ação foi realizada no Centro, Ponto de Parada, CIA I, Via Universitária, Major Tapioca, Km 25, Km 30, Ilha de São João e Aratu.

De acordo com a Lei Municipal n° 940, de maio de 2014, são vedadas a produção de ruídos acima do limite que a legislação impõe, através dos órgãos, Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA e a ABNT, além de incômodos de qualquer natureza, capaz de prejudicar a segurança, a saúde, o bem-estar e o sossego público ou da vizinhança.

A legislação rege, ainda, que os níveis máximos de sons e ruídos, de qualquer fonte emissora e natureza, em empreendimentos e atividades residenciais, comerciais, de serviços, institucionais ou especiais, públicas e privadas, assim como em veículos automotores obedecerão aos níveis de decibéis que variam de 60 dB (sessenta decibéis) entre 22h e 07h e de 70 dB (setenta decibéis) entre 07h e 22h.

Segundo a secretaria, as ações devem acontecer de forma continuada no município e, além do viés educativo, têm a função de fiscalização e controle do sossego público.

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam a poluição sonora como o terceiro maior problema ambiental em todo o mundo. Mais do que barulho, esses ruídos podem causar também prejuízos à saúde humana. Estresse, dificuldades de concentração, fadiga, irritabilidade, aumento da pressão arterial e insônia estão entre as complicações decorrentes do excesso e intensidade dos ruídos.

A Campanha “Educasom” – Poluição Sonora

O objetivo da Campanha é a mobilização visando esclarecer aos responsáveis por: bares, clubes, restaurantes, casas de shows, igrejas, dentre outros, sobre os efeitos do excesso de som na saúde e suas implicações legais. Promover Seminário para discussão do tema e regularização dos estabelecimentos. Além de  adequar os Níveis de Som (decibéis) conforme Lei Municipal n° 870/2011, Código Municipal de Meio Ambiente n° 940/2014 e Portaria n° 029/2017.

 

 

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

TEXTÍCULOS DO MÁRIO

É HOJE! TRANSMISSÃO AO VIVO DA SESSÃO DA CÂMARA. ASSISTA PELO PÁGINA E BOA DIVERSÃO!

Publicado

em

Quer rir?

Quer se divertir com um reality life da cidade?

Melhor que qualquer novela.

Então não perca mais uma transmissão da sessão ordinária da Câmara de vereadores de Simões Filho.

A partir das 17h de hoje.

Clique em SIM para nossas notificações que lhe avisaremos, no seu celular tablet, smartv, computador, maquina de escrever…

Continuar Lendo

Prefeito

DINHA REVELA QUEM SÃO SEUS AMIGOS EM SIMÕES FILHO

Publicado

em

“Os meus amigos e minhas amigas aqui em Simões Filho, são aqueles que trabalham para o bem do povo da cidade.”

Frase foi dita pelo prefeito durante assinatura de Ordem de Serviço para reforma da UBS do Ponto de Parada, ontem, 13 de agosto, na própria UBS.

Continuar Lendo

TEXTÍCULOS DO MÁRIO

O REFRIGERANTE DA DISCÓRDIA. VEREADOR COBRA GARAPA SERVIDA A ELEITORES

Publicado

em

Sem noção.

Numa conversa em grupo de WhatsApp, na noite de ontem, 10 de agosto, um distinto vereador de Simões Filho gravou um áudio cobrando de dois eleitores que estiveram presente na inauguração do seu comitê de campanha, em 2015, um refrigerante consumido pela dupla, no local.

Em esforço de memória, os consumidores reconheceram que o a garapa foi pedida por uma terceira pessoa, que já se comprometeu em pagar a bebida, já nas primeiras horas da próxima segunda feira.

Vale lembrar que os consumidores, são pessoas de grande influência na comunidade, mas mesmo assim, foram chamadas de veacas por terem consumido o refrigerante e terem saído sem pagar.

Os veacos eleitores, por serem influentes nas redes sociais, FORAM CONVIDADOS EM DESTAQUES na inauguração do comitê, do agora, AUTORIDADE PARLAMENTAR MUNICIPAL.

Pela elegância do vereador, é possível apostar que o refrirante NÃO ERA DIET.

Em tempo;

Esse é um relato de um eleitor, esse que vos escreve, estarrecido ao perceber o eficientíssimo controle de gastos de campanha do então candidato.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho