Conecte conosco

CIDADES

Rodoviários fecham Lapa e protestam com operação padrão.

Publicado

em

MW Auto Peças 40 Anos
Paula Pitta | Ag. A TARDE

Motoristas trafegaram apenas pela faixa da direita e reclaram do sistema viário da capital

Motoristas trafegaram apenas pela faixa da direita e reclaram do sistema viário da capital

Os trabalhadores do sistema rodoviário de Salvador protestaram na manhã desta quinta-feira (15) a partir da região da Estação da Lapa, por onde circulam boa parte dos coletivos de Salvador e da Região Metropolitana (RMS).

Por volta das 8h40, os motoristas fecharam o acesso ao terminal e seguem realizando uma “operação padrão”, com os veículos trafegando apenas pela faixa da direita. Eles protestam contra a falta de infraestrutura das estações, o excesso de multas e a qualidade do tratamento dispensado à categoria pelos agentes de trânsito.

Por conta do protesto, a Transalvador informa que o tráfego segue congestionado nas principais vias da cidade, como ACM, Bonocô, Lucaia, Rótula do Abacaxi, Vale de Nazaré, Dique do Tororó e nas imediações da Lapa e do Iguatemi.

Pela direita  – De acordo com o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Manoel Machado, a categoria fará novos protestos. “Vamos fazer manifestações em outros pontos da cidade até que a situação seja resolvida”, explica.

De acordo com ele, com a pressão das empresas para que os motoristas cumpram a carta horária, é impossível para os condutores seguir exatamente o que determina a lei. “Na operação padrão vamos parar em todos os pontos, esperar idosos, gestantes e deficientes se sentarem. Fazer como manda a lei e que as vezes pode ser esquecido por alguns motoristas por conta da pressão para cumprir a carta horária”, detalha.

Manoel Machado relata que as empresas repassam para os motoristas as multas resultantes dos atrasos nos horários determinados. “Tentamos seguir a lei, mas a pressão das empresas torna isso impossível”, reclamou.

De acordo com o sindicalista, cada empresa recebe em média 400 multas por mês nos valores de R$ 80 a R$ 900. Os rodoviários reclamam que as multas chegam a absorver 80% do salário do trabalhador.

O motorista da São Cristóvão, Pedro Celestino, 37, vivenciou isso. “Eu fui multado em R$ 800 por excesso de velocidade e recebo R$ 1.366, sendo que o tacógrafo (que afere a velocidade do veículo) mostrou que eu estava abaixo da velocidade máxima permitida. A gente reclama é porque são multas fantasmas, que tiram o pão da boca do meu filho”, critica.

Patronato – O assessor de Relações Sindicais do Sindicato das Empresas de Transporte Geral de Salvador (Setps), Jorge Castro, contestou as razões do protesto elencadas pelos rodoviários e disse que “a discussão não é verdadeira”. “Se eles estão fazendo isso por conta da carta horária, porque não enviaram uma pauta para discutir o assunto? Se havia um problema com as multas, era para sentar e discutir, e não prejudicar a população”, argumenta.

Castro explicou que os motoristas arcam com as multas porque as empresas não podem ser responsabilizadas pelas infrações cometidas pelos  condutores. “Os ônibus não cometem infração, quem comete infração é o condutor”, disse. O assessor negou que as empresas pressionem os motoristas para cumprir os horários. “Como é que vamos pressionar motoristas para desrespeitarem o sinal e não pararem nos pontos por conta dos horários?”, questionou.

Transtorno – Durante o protesto, os ônibus não estão entrando na Estação. Os passageiros precisam se dirigir à parte externa do terminal para utilizar os ônibus metropolitanos. O motorista Jorge Luiz Gonçalves, que anda de muletas e tem dificuldades para subir as escadarias do terminal, foi surpreendido pela manifestação.

Para Gonçalves, a situação é um transtorno, porque ele terá que aguardar o final do protesto para conseguir pegar o coletivo. Mesmo assim, aprova a reivindicação dos rodoviários. “Os problemas existem. Aqui na Lapa não tem sanitário, as escadas estão sempre quebradas. O problema é que a população não foi avisada”, afirmou.

Outro usuário do sistema rodoviário, o vendedor Adilson Silva, também foi surpreendido, mas concorda com a manifestação. “É um incômodo, mas acho justas as reivindicações deles”, defende.

No entanto, nem todos aprovaram a mobilização dos rodoviários. A cozinheira Renilda Oliveira, de 42 anos, explicou que saiu de casa, em São Caetano, às 5h40 para tentar chegar na Lapa às 7h. Por conta do protesto, só chegou às 10h e precisou andar do Dique até a Estação. “O patrão não quer saber porque a gente chega atrasado”, reclamou. Renilda enfrentou problemas também com o atraso na saída dos ônibus das empresas Praia Grande e Axé, na manhã de hoje.

O garçom Renê Oliveira, de 28 anos, perdeu uma audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), agendada para as 8h. O rapaz explicou que mora na região da Bonocô e que saiu de casa às 7h para conseguir chegar na Lapa. Mas o trajeto, normalmente feito em 20 minutos, durou mais de duas horas. “Deveria ter um aviso para a sociedade poder se organizar. Eles têm o direito de protestar, mas eu também tenho o meu direito de ir e vir”, disse.

Matéria postada originalmente no atardeonline.com.br

Transportes e Trânsito

ATENÇÃO EMPRESÁRIO! ESCOLHA LOGO O MELHOR PONTO. PROJETO APROVADO NA CÂMARA VIABILIZA BONS LOCAIS DE PROPAGANDA POR TODA A CIDADE

O projeto é de autoria do vereador Wilton Ramos – Itus

Publicado

em

NOTÍCIAS DE SIMÕES FILHO - projeto adote um ponto de ônibus em simões filho

Trata-se de um projeto que visa disponibilizar para a população, pontos de ônibus mais confortáveis e com manutenção constante.

Leia mais sobre

O projeto Adote um Ponto de ônibus prevê parcerias com empresas locais para que as mesmas possam se responsabilizar pela manutenção dos equipamentos e em contra partida, os espaços publicitários do mesmo serão explorados pela empresa parceira, divulgando suas marcas e campanhas publicitárias.

O projeto foi aprovado por unanimidade pela câmara municipal e aguarda decisão do prefeito Dinha para que possa ser posto em prática.

Veja o que disse o autor do projeto, logo após sua aprovação:

https://www.facebook.com/itus.ramos/videos/5717497438322344

Continuar Lendo

Vereadores

AO VIVO: COMUNIDADE LGBT DEVERÁ TER CENTRO DE APOIO EM SIMÕES FILHO. ASSISTA E SAIBA DE QUEM É O PROJETO

Publicado

em

12ª Sessão ordinária de simões filho

Apreciação e votação do Parecer conjunto das Comissões Permanentes de Justiça, Finanças e Transporte, e em única discussão e votação do Projeto de Lei de n° 017/2021 (Autoriza a instituição, pelo Poder Executivo Municipal, do Sistema de Estacionamento Rotativo Controlado Pago, para veículos, nas vias e logradouros públicos do município de Simões Filho, em áreas especiais, denominadas de “ZONA AZUL”, e dá outras providências);

https://www.facebook.com/camarasimoesfilho/videos/510201236890544

 Indicação de n° 078/2021 (Solicita ao Poder Executivo a criação de um Centro de Defesa e Apoio à comunidade LGBT), autor Vereador Everton Oliveira de Jesus;

Indicação de n° 084/2021 (Solicita ao Poder Executivo que desenvolva o “Plano de adoção de ponto de parada de ônibus pela iniciativa privada” no município de Simões Filho), autor Vereador Uilton Ramos de Alencar;

Indicação de n° 087/2021 (Solicitam ao Poder Executivo a informatização das Unidades de Saúde, implantando prontuário eletrônico e agenda eletrônica de marcação), autores Vereadores Roberto Cardoso Souza e Adailton Santos de Andrade;

Indicação de n° 088/2021 (Solicita ao Poder Executivo a reforma do Campo do Lobão, situada na Rua Direta, no bairro Lobão), autor Vereador Carlos Pereira da Silva Neto;

Indicação de n° 089/2021 (Solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Via da Adutora, que faz ligação entre o SEST/SENAT até a Estrada da Manutenção, no KM 606, CIA SUL I), autor Vereador José Amoldo dos Santos Simões;

Indicação de n° 090/2021 (Solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Rua da Visgueira, no bairro Santo Antônio Rio das Pedras), autor Vereador Everton Garcia Lima;

Indicação de n° 091/2021 (Solicita à Mesa Diretora que conceda a Medalha Noêmia Meireles Ramos para a Sra Maria de Fátima da Silva Guache Pattas), autor Vereador Erivaldo Costa dos Santos;

 10.Indicação de n°092/2021 Indicação de n°094/2021 (Solicita ao Poder Executivo a implantação de sistema de drenagem na Rua João Marques de Souza, no bairro Cristo Rei), autor Vereador Neivaldo Scavelo do Amaral;

11.1ndicação de n° 093/2021 (Solicita ao Poder Executivo a reforma do parque de equestres e a construção do centro de zoonoses), autor Vereador Joel Luiz Andrade Cargueira;

12.Indicação de n° 094/2021 (Solicita ao Poder Executivo a construção de um Centro Integrado de Esporte e Lazer na Via Universitária, para atender aos Residenciais Simões Filho 1 e 2, Universitário 1 e 2 e Palmeira), autor Vereador Jackson Franklin Santos Bomfim;

13. Indicação de n°095/2021 (Solicita ao Poder Executivo a pavimentação asfáltica e iluminação na Rua 14 de maio, na localidade Alto do Guine, no bairro CIA II), autor Vereador Berlindo Neves Gazineu;

14. Indicação de n° 096/2021 (Solicita ao Poder Executivo a cobertura do canal e a construção de praça com parque infantil e academia ao ar livre, no local ESTADO DA BAHIA CÂMARA MUNICIPAL DE SIMÕES FILHO conhecido como casinhas, na Avenida Camaçari, no bairro Tiro Seguro), autor Vereador Moisés dos Santos Silva;

15.Indicação de n° 097/2021 (Solicito ao Poder Executivo a construção de um campo society ou de areia na Rua A do Loteamento João Aragão, no bairro Simões Filho I), autor Vereador Evan Jorge Lima dos Santos; Indicação de n°098/2021 (Solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Travessa Ceará, no airro CIA II), autor Vereador Eugênio Pacelli Mota Oliveira;

Indicação de n° 099/2021 (Solicita ao Poder Executivo obras de infraestrutura na Rua Antonio Bandeira, antiga Rua do Sossego, no bairro CIA II), autor Vereador Adeilson de Jesus Santos;

Indicação de n° 100/2021 (Solicita ao Poder Executivo a construção de um Centro Integrado de Esporte e Lazer no Campo do Vasco, no bairro Engenho Novo), autor Vereador Devaldo Soares de Souza;

Indicação de n° 101/2021 (Solicita ao Poder Executivo a requalificação do parquinho do Condomínio Residencial Pitanguinha, localizado no bairro Cova da Gia), autor Vereador Orlando Carvalho de Souza.

Continuar Lendo

Salvador

Bruno Reis diz que Salvador pode voltar a ter eventos sociais a partir de julho

Publicado

em

O prefeito Bruno Reis (DEM) afirmou, nesta segunda-feira (14), que Salvador poderá volta a realizar eventos sociais a partir do mês de julho, caso as medidas sanitárias contra a Covid-19 sejam respeitadas.

Bruno estabeleceu entre os dias 5 e 15 de julho para o retorno dos eventos. Mas, o prefeito ressaltou que os números de junho serão cruciais para a tomada de qualquer decisão do tipo.

“Esse mês de junho é crucial, se todos respeitarem, em 5 de julho ou até 15 de julho, já podemos ter mais flexibilizações, como a retomada dos eventos sociais. Não quero criar nenhum tipo de sensação de que estamos longe da pandemia. Tem uma preocupação com o mês de junho, com as datas comemorativas. Essa preocupação é ainda maior porque da primeira pra segunda onda nós tínhamos um número maior de leitos disponíveis e capacidade de ampliar, coisa que agora nós não temos. Se vier uma terceira onda, na proporção da segunda, teremos um risco grande de colapso”, disse Bruno, em coletiva.

Com informações do Tudo é Política.

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E

AS MAIS LIDAS DA SEMANA