Conecte conosco

Últimas do Dia

Rodrigo Maia reafirma que não irá deferir impeachment contra Bolsonaro

Ameaça repercutiu após DEM decidir se retirar do bloco de apoio ao deputado Baleia Rossi

Publicado

em

Metro1 – Após ameaças de que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, iria assinar um dos mais de 60 pedidos de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ainda hoje (1º), o deputado disse ao blog da Andreia Sadi, no G1, que não irá deferir o impeachment.

As especulações começaram após o partido Democratas (DEM) decidir ontem (31) em uma comissão convocada pelo presidente da sigla, ACM Neto, não fazer parte do bloco de apoio ao deputado Baleia Rossi (MDB-SP). O PSDB seguiu os mesmos passos e optou por não fazer parte do grupo também. Com isso, os deputados das legendas são livres para escolher em quem votarão hoje (1º) como novo presidente da Câmara dos Deputados, o que favorece a vitória de Arthur Lira (PP-AL), candidato apoiado por Bolsonaro. 

Como Maia deixa nesta segunda a presidência da Câmara, esta seria sua última chance de abrir o processo contra o presidente. O líder do PT na Câmara, Enio Verri (PR), no entanto, também negou que o deputado possa dar início a um processo de impeachment hoje, após reunião com ele nesta tarde. 

P U B L I C I D A D E