Conecte conosco

CIDADES

Romaria de Bom Jesus da Lapa não terá público pela primeira vez na história

Segundo o prefeito Eures Ribeiro, terceira maior romaria do país costuma reunir 150 mil pessoas em uma única celebração e 2,5 milhões de turistas no ano

Publicado

em

Metro1 – O prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), lamentou os efeitos do coronavírus nos municípios do interior e falou das mudanças na Romaria do Bom Jesus da Lapa. O festejo é o mais antigo do país na modalidade, com 328 anos de história, e é uma das maiores manifestações religiosas e culturais do Brasil.

“A Romaria atrai 2,5 milhões de turistas no ano. É a terceira maior romaria do Brasil. Só perdemos para a do Padre Cícero e de Aparecida. Nos reunimos com a comunidade redentorista, que é quem coordena as ações e são os guardiões do santuário do Bom Jesus, e decidimos que a romaria será sem público. Não terá público algum presente. O novenário começa hoje e será transmitido pela Rede Aparecida e também pelas redes sociais, mas sem público algum”, disse, durante entrevista a Mário Kertész hoje (28), no Jornal da Bahia no Ar da Rádio Metrópole.

“Somada à questão que já perdemos do ICMS e FPM, perdemos o ciclo do turismo religioso. Começa de julho e vai até dezembro. É uma constante participação. Não tem um final de semana que a cidade não esteja lotada”, declarou o gestor público.

P U B L I C I D A D E