Conecte conosco

Saúde

Rui diz que Bolsonaro ‘não pode desmoralizar’ ministro sobre compra de vacina chinesa

Ministério da Saúde anunciou a compra de 46 milhões de doses, mas presidente descartou a aquisição

Publicado

em

Bahia.ba – O governador da Bahia, Rui Costa (PT), criticou o posicionamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) após ele dizer que a vacina CoronaVac, desenvolvida pela empresa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan não será comprada. Nesta quarta-feira (21), nas redes sociais, o petista afirmou que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, não pode ser desmoralizado pelo militar reformado.

“General e Ministro da Saúde tomou medida sensata de garantir acesso à vacina de qualquer país para salvar vidas. Estamos em guerra contra Covid, que já matou mais de 150 mil no Brasil. O presidente não pode desmoralizá-lo e desautorizá-lo nesta luta. Minha total solidariedade ao ministro”, escreveu.

Na terça (20), o Ministério da Saúde anunciou a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa, contudo, o presidente afirmou a um apoiador na rede social que o imunizante “não será comprado”.

Segundo o site Poder360, Jair Bolsonaro teria enviado uma mensagem aos ministros informando que o Brasil não iria comprar a vacina da China e ainda que o “governo não mantém diálogo com João Doria [governador de São Paulo] sobre covid-19”.

P U B L I C I D A D E