Conecte conosco

CIDADES

Salvador terá ainda em 2013 fontes luminosas com águas que dançam

Publicado

em

Os novos equipamentos serão instalados nas fontes da Praça da Sé, da Praça Nossa Senhora da Luz (Pituba), da Praça Almeida Couto (Nazaré) e do Largo Dois de Julho.

20130816071439_FonteAté o final de 2013, a Prefeitura vai revitalizar mais quatro fontes luminosas da cidade que serão equipadas para funcionar como fontes cibernéticas ou dançantes, pois combinam o movimento das águas com a música e iluminação.

Os novos equipamentos serão instalados nas fontes da Praça da Sé, da Praça Nossa Senhora da Luz (Pituba), da Praça Almeida Couto (Nazaré) e do Largo Dois de Julho.

A ação faz parte das intervenções de ordenamento de Salvador promovido pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), que já recuperou as fontes do Campo Grande e da Praça da Piedade.

Depois anos de depredação, os equipamentos estão sendo requalificados pela Prefeitura dentro do projeto de ordenamento dos espaços públicos da cidade, como explica a secretária da Semop, Rosemma Maluf. “As fontes são parte do nosso patrimônio e elas ficaram abandonadas por muito tempo. Com sua recuperação, a Prefeitura busca criar humanizados, mais bonitos e agradáveis dos quais a população possa desfrutar”, afirma a secretária.

A partir da revitalização das fontes, as praças passam a contar com agentes da Guarda Municipal atuando no local durante as 24 horas, como já acontece no Campo Grande, para evitar a ações de vândalos. Para que isso fosse possível, a corporação reformulou sua escala de trabalho.

De acordo com o diretor de Iluminação Pública da Semop, Hélder Campos, a recuperação das fontes luminosas exige uma intervenção completa, pois, ao longo dos últimos anos, foram muito depredadas e tiveram seus equipamentos roubados. “Nas duas que foram reformamos no Campo Grande, faltavam desde os bicos para saída da água, aos equipamentos hidráulicos e bombas. A pintura também estava completamente desgastada”, conta.

Ele acredita que as fontes cibernéticas, também conhecidas como fontes dançantes, vão agradar muito à população, pois são apreciadas como espetáculo em todo o mundo. Ele lembra que a da Praça Nossa Senhora da luz funcionava deste modo, até ter todo seu equipamento roubado.

Ainda segundo Hélder, o trabalho de recuperação e requalificação das fontes vai continuar, a partir de dezembro, levando mais beleza a outros pontos da cidade.

 

IG