Conecte conosco

CIDADES

SIMÕES FILHO ESTEVE REPRESENTADA NO PRIMEIRO DIA DO 6º ENCONTRO DE PREFEITOS DA BAHIA

Publicado

em

ILUMINAÇÃO DE LED – INSTITUCIONAL

Foi aberto na manhã desta sexta-feira (16) pela a União dos Municípios da Bahia (UPB) a sexta edição do Encontro de Prefeitos, que ocorre até este sábado 17, no Senai Cimatec em Salvador.

O evento que propõe debater assuntos relacionados às prefeituras baianas como a queda da arrecadação e os desafios das gestões públicas também aborda o tema “municípios inteligentes”, com soluções em tecnologia para facilitar o atendimento das prefeituras ao cidadão. A solenidade de abertura contou com a presença do governador Rui Costa, de parlamentares baianos e prefeitos de mais de 328 municípios do estado.

Simões Filho esteve representada pelo secretário de desenvolvimento econômico, Djalma Machado, que falou com exclusividade ao Página Simões Filho.

Este ano, o tema do encontro é “Municípios Inteligentes”, colocando a tecnologia como aliada da administração das cidades. “É um momento oportuno para os prefeitos se alinharem, discutirem grandes temas e também se projetarem para um momento muito difícil, que é um ano de crise.

“Esse encontro é de grande importância pois propõe discussões sobre  Municípios Inteligentes, que coloca a tecnologia como aliada da administração e também é um momento para os prefeitos se alinharem, discutirem grandes temas e se prepararem para momentos de crise semelhante ao que estamos passando.” Pontou Djalma Machado

De acordo com o presidente da UPB, o prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, a união dos prefeitos no momento de crise tem fortalecido a luta na busca de várias conquistas.

Eures Ribeiro citou a decisão do Tribunal de Contas dos Municípios em retirar os programas federais do cálculo do índice de pessoal.

“Se outros estados já praticam é importante que a Bahia também tenha esse entendimento”.

Eures aproveitou a presença do governador Rui Costa para afirmar que os municípios têm uma pauta estadual e pediu o apoio do executivo estadual para o repasse dos royalties do petróleo aos municípios.

“Os prefeitos da Bahia sonham em fazer uma comissão e discutir com o senhor. Porque justiça seja feita, os royalties que vem para Bahia 25% é dos municípios e nunca, nenhum governador, repassou”.

Eures também ressaltou a mudança no formato do encontro que bateu recorde de participação dos prefeitos.

Durante a abertura foi assinado um termo de parceria entre a UPB e o Governo do Estado da Bahia para o compartilhamento de dados referentes ao recolhimento de tributos, entre eles o Imposto Sobre Serviço (ISS).

Bastante aguardada, a fala do governador Rui Costa foi de solidariedade aos municípios.

“Ao longo de décadas dividimos municípios, dividindo receitas demasiadamente e duplicando despesas”, disse Rui.

Ele também se comprometeu em estudar uma forma de repassar os royalties devidos aos municípios.

“Tenho que projetar minhas contas pagas e analisadas, até porque esse é último ano de governo, mas assim que puder vou sentar com a UPB, evidente que dentro do marco legal e das possibilidades financeiras, a gente ajustar isso, como tenho feito com todas as outras ações”, sentenciou.

O governador Rui Costa anunciou ainda a intenção de conveniar com as prefeituras a criação de colégios militares municipais e reforçou que o “o municipalismo não é uma estratégia de retórica, mas uma estratégia de governo. O que dá capilaridade as políticas públicas para quem chega na ponta são os municípios, são os prefeitos”.

Dos senadores presentes ao encontro, o senador Otto Alencar falou da necessidade de rever a legislação brasileira para que municípios com perda de arrecadação e oscilação nas transferências voluntárias não sejam penalizados por não conseguirem cumprir o índice de gasto com pessoal. “A realidade nossa é trabalhar para pautar o que é de interesse dos municípios”. Já a senadora Lídice da Mata ressaltou o empenho do Congresso Nacional em iniciativas que mudam a participação da União no financiamento de programas como o Fundeb, o fundo da educação básica. “Para garantir que saia do que é hoje, entorno de 10%, para em seis anos alcançarmos 50% do financiamento por parte da União”.

A má distribuição das riquezas, que penaliza os municípios brasileiros, foi classificada como “uma injustiça fiscal” pelo presidente da Confederação Nacional de Município (CNM), Glademir Aroldi. Ele alegou que a União criou diversas contribuições desde a Constituição de 1988, cujo volume de recurso se iguala ao da arrecadação dos impostos, porém sem repartir com os municípios. O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Ângelo Coronel, ressaltou a falta de recursos para honrar os compromissos assumidos pelos municípios. “O repasse federal não vem atendendo a realidade das prefeituras brasileiras”. Em consonância, o ex-governador e secretário de desenvolvimento econômico do estado, Jaques Wagner, concluiu: “a porta do prefeito é a primeira que o munícipe recorre e nessa quadra de dificuldade financeira e queda de arrecadação, sem dúvida alguma, são heróis aqueles que se dispõem a dirigir suas cidades”.

Diante das dificuldades, o prefeito de Feira de Santana e ex-presidente da UPB, José Ronaldo, deixou uma mensagem de otimismo aos colegas. “A todos os prefeitos a luta é diária e constante, mas a competência, seriedade e a honestidade com que vocês dirigem os municípios, serão sempre permanente e cheia de vitórias na defesa dos municípios baianos”.

Durante o encontro será lançada a etapa estadual do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. Na abertura, o presidente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury, reforçou a importância da iniciativa para melhorar a arrecadação municipal. “Nosso esforço é ampliar a implementação da Lei Geral nos municípios para fazer com que o incentivo possa ser dado ao micro e pequeno empreendedor, refletindo nos municípios em um aumento real da arrecadação”, reforçou.

Estão entre os parceiros e patrocinadores do evento: o Governo do Estado da Bahia, Sebrae,  Bradesco, Conishi, E&L Sistema, Use Telecom, Grupo Dias, IEL/FIEB, Safety Service, Balões.com, Pi Contabilidade, Nutricash e o apoio da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Desenbahia, EGBA, Embasa, Unicef, Agersa e Bahiagás.

 

Jornalista DRT/MTB nº 4584/BA - Atualmente é editor dos sites Tudo é política e Página Simões Filho. Tem formação em contabilidade e experiência como Instrutor profissional nas áreas de designer gráfico e programação para web.

Continuar Lendo
P U B L I C I D A D E
Clique aqui para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta

Eleições

AUMENTAM AS OPÇÕES: DENYSON SANTANA É PRÉ-CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL

Publicado

em

Drnyson Santana é pré-candato a deputado estadual
ILUMINAÇÃO DE LED – INSTITUCIONAL
Do Panorama de Notícias – Com uma história política muito conhecida em Simões Filho, o jovem Denyson Santana de 34 anos, administrador, especialista e mestre em gestão pública, secretário municipal de serviços públicos e de transporte e trânsito no governo do ex prefeito Eduardo Alencar, entres os anos de 2009 à 2016 e ex presidente dos partidos PSD e PROS, hoje filiado no PODEMOS, lança sua pré-candidatura a Deputado Estadual para o pleito de 2018.
Filho e morador de Simões Filho, Denyson busca ser uma alternativa de um desejo do povo simõesfilhense em ter um representante genuíno da terra na Assembleia Legislativa da Bahia, sendo assim, apresenta seu nome como pré-candidato pelo partido PODEMOS.
Para Denyson Santana, essa pré-candidatura é uma grande oportunidade de Simões Filho e Região Metropolitana terem uma voz jovem e antenada aos desejos e anseios dessa população “Nossa pré-candidatura visa ser um novo modelo no cenário em que às pessoas de bem estão se afastando da política e deixando de acreditar em um futuro próspero por meio dela”, afirmou.
A campanha do pré-candidato será pautada em propostas de políticas públicas para a região e estado de forma a atender os anseios não contemplados pela população. Contará com a liderança do Deputado Federal Bacelar e do Governador Rui Correria.

Continuar Lendo

CIDADES

Urbanização da Paulo Souto: Prefeito Dinha e representantes da Caixa realizam visita técnica

Publicado

em

ILUMINAÇÃO DE LED – INSTITUCIONAL

O Prefeito de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador (RMS), Dinha Tolentino, visitou na manhã desta quarta-feira (11), o bairro Paulo Souto/Engenho Novo, com técnicos da Caixa Econômica Federal (CEF), para finalizar o processo de aprovação do projeto de urbanização das ruas que compõem a localidade.

 

“Há mais de 20 anos a comunidade aguarda por essa iniciativa. Agradeço a Deus pela oportunidade de poder proporcionar mais qualidade de vida ao nosso povo. Hoje, avançamos ainda mais e já estamos concluindo a parte de aprovação e financiamento dos recursos para a realização das obras”, pontuou o prefeito Diógenes Tolentino.

 

A Caixa Econômica fiscalizará e será responsável por administrar os repasses que chegam à cidade, através da emenda parlamentar, orçamento impositivo, do deputado federal Paulo Azi. O valor passa de 1 milhão de reais e será revertido em pavimentação asfáltica. Além do repasse, a obra contará com recursos próprios que custearão drenagem, meio fio, calçada e iluminação.

 

“O prefeito veio aqui, falou que faria e está mostrando para que foi eleito. A esperança voltou a fazer morada nas nossas vidas. Há muito tempo esperávamos por essa iniciativa. Não vejo a hora de não pisar mais na lama”, declarou o morador José Helieu, 61 anos.

 

As obras visam proporcionar melhor qualidade de vida aos simõesfilhenses e mais de 15 ruas serão contempladas. Acompanharam o prefeito na visita, o vice-prefeito Sid Serra, secretários municipais e os vereadores Kátia Oliveira, Everton Paim, Erivaldo Canjirana, Cleiton Bolly Bolly, Del, Jailson Jajai, Manoel Almeida (Neco) e Orlando de Amadeu.

Continuar Lendo

Eleições

CEZAR DIESEL VOLTA A SE MOVIMENTAR. SEU MAIOR DESAFIO? CONVENCER

Publicado

em

ILUMINAÇÃO DE LED – INSTITUCIONAL

A desistência do prefeito de Salvador – ACM Neto, de deixar a prefeitura da capital baiana para concorrer ao posto de governador do estado da Bahia nas eleições de 2018, provocou mudanças drásticas nos diversos cenários políticos do Estado, ao mesmo tempo em que, criou oportunidades para que nomes que até então estavam esquecidos voltassem ou tentassem voltar às suas praças para, novamente, buscar colocar seus nomes em evidência, visando as eleições de 2020.

Em Simões Filho, um desses nomes é o empresário e ex-candidato Cezar Diesel, que concorreu pelo PRP, para prefeito de Simões Filho, obtendo pouco mais de cinco mil votos.

AS dificuldades enfrentadas por ex-candidatos, dizem respeito à credibilidade e a confiabilidade adquirida ao longo de campanhas passadas.

Há que se entender que todos que enfrentaram o atual prefeito, Diógenes Tolentino – DINHA, irão tentar impedir que o mesmo se reeleja, e sendo assim, as estratégias adotadas deverão levar em conta vários fatores.

No entanto, a credibilidade na palavra assumida com fornecedores, prestadores de serviços inerentes a pré-campanha e campanha política, e também, com compromissos assumidos como vários apoiadores, devem ser minunciosamente observados para que não se dissemine, via “rádio peão”, histórias de decepções que possam revelar problemas difíceis de serem contornados por aqueles que decidirem, novamente, ou pela primeira vez, apoiá-lo.

Cezar Diesel conquistou um grupo que caminhou com ele, e o mais lógico é que o mesmo, deverá tentar reconquistar os que decidiram se afastar.

Em sua primeira tentativa de se eleger prefeito do município, muitos apoiadores apostaram alto, mas hoje, esses mesmos apoiadores, transmitem, muito discretamente, sentimento de insegurança para assumir, novamente, qualquer compromisso o prefeiturável.

Está ai grande desafio para Cezar: provar que, de fato, tem um projeto para a cidade e em razão deste projeto, conquistar confiança e solidificar um grupo diverso, que consiga elaborar propostas convincentes para os eleitores.
Cezar Diesel precisa reverter, de uma vez por todas, a sensação de muitos, de que não estará buscando reaglutinar pessoas em seu redor apenas para provar para seu principal apoiado e apoiador – deputado federal Luiz Caetano – que tem o controle do grupo que em 2016, obteve mais de dez mil votos em Simões Filho.

Caso não consiga reverter esses sensação, melhor seria que o empresário Cezar Diesel desistisse de mais uma tentativa de se eleger prefeito da cidade, sob pena de sofrer mais uma e definitiva derrota.

Em tempo;

O deputado Luiz Caetano foi autor de emendas que destinaram ao setor de saúde de Simões Filho, quase um milhão de reais no seu primeiro mandato no Congresso Nacional.

Continuar Lendo

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Copyright © 2017 Página Simões Filho