Conecte conosco

TEXTÍCULOS DO MÁRIO

TEXTÍCULOS DO MÁRIO: O MEU AMIGO CONSTRUTOR

Publicado

em

Um grande amigo meu, empolgado com a condição de reformar a área de lazer da sua imensa casa, decidiu demolir tudo e reconstruir, novamente, tudo.

Chamou o pedreiro e pagou mais de cinco mil reais para a demolição.

Era tudo construído com madeira de lei, daquelas que cupim nem chega perto.

O piso? De primeiríssima linha.

Após a demolição, o pedreiro refez tudo com material mais barato com a desculpa de economizar nos custos. Gastou na reconstrução três mil reais.

Daí fiquei me perguntando que economia foi essa?

Gastar 5 mil reais para demolir e 3 mil para reconstruir.

Falei para ele, que talvez, fosse necessário, apenas, uma boa faxina, uma demão de tinta e uns vazos com plantas. Certamente ele gastaria bem menos do que gastou.

Se liga, meu amigo!

Estacas de pau d’arco são mais valiosas que as de pinho.