Conecte conosco

Especiais

ViaBahia realizou reunião no posto da PRF, em Simões Filho

Publicado

em

A ViaBahia Concessionária de Rodovias S/A participou de uma reunião realizada nesta terça-feira (25), no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no município de Simões Filho. A reunião A reunião foi para esclarecer aos representantes da localidade de Passagem dos Teixeiras os pontos reivindicados na última segunda-feira (24), durante um protesto que engarrafou e causou muitos transtornos na BR-324. Participaram do encontro o gerente de Operações da ViaBahia, Carlos Napolitano, o representante da Polícia Rodoviária Federal Junaldo Correia, o Major Moisés, responsável pela 10ª Companhia de Policia Militar de Candeias e mais três municípios da região, além de aproximadamente 20 representantes da localidade de Passagem dos Teixeiras.
Segundo a assessoria da ViaBahia,  três assuntos estiveram na pauta de negociações:
1.Reforma do pavimento interno da localidade Passagem dos Teixeiras – A concessionária ressaltou que não tem responsabilidade contratual para executar o trabalho, já que o trecho não faz parte da concessão da ViaBahia. Porém, atendendo à solicitação dos moradores, a concessionária irá fornecer 20 caçambas de material fresado (material retirado do próprio asfalto) para que sejam feitos alguns reparos emergenciais. A concessionária informa que já havia fornecido anteriormente 35 caçambas
do mesmo material, mas que a execução dos serviços é de responsabilidade do município;
2.Empregos – A ViaBahia receberá os currículos dos moradores de Passagem dos Teixeiras e verificará se os perfis se encaixam em alguma vaga disponível. Caso haja possibilidade, os selecionados serão encaminhados para entrevista, dentro de um processo de seleção padrão para toda a companhia.
3.Isenção de pedágio – A concessionária informou que nunca houve acordo para liberação de cobrança de pedágio em nenhuma comunidade pertencente ao trecho sob administração da ViaBahia. Com relação à isenção de tarifa de pedágio, a concessionária informa que os beneficiários foram previamente definidos pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), conforme consta em contrato: “…terão trânsito livre no Sistema Rodoviário e ficam, portanto, isentos do pagamento de Tarifa de Pedágio, os veículos oficiais, devidamente identificados, assim entendidos aqueles que sejam de propriedade da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, seus respectivos órgãos, departamentos, autarquias ou fundações públicas…”.
Os representantes da comunidade disseram que irão tentar obter essa isenção em outras esferas, já que a ViaBahia explicou que não tem autorização para concedê-la.
Fonte:aratuonline.com.br