Conecte conosco

Prefeito

VILA NATALINA SE TORNA O CALCANHAR DE AQUILES DO GOVERNO DINHA/SID

Publicado

em

Estamos há 13 dias do Natal.

Serão mais 500 mil reais pagos numa decoração natalina que ficará instalada na Praça da Bíblia até janeiro, período em que a decoração já não terá nenhum efeito prático, a não ser, gasto do dinheiro público.

Os equipamentos que estão sendo montados na Praça, em sua grande parte, são os mesmos do ano de 2017 que, naquele ano, foram montados a um custo de cerca de 170 mil reais a menos do que está sendo pago em 2019.

Se até aqui, o prefeito, e sua base de vereadores, fez questão de apontar dívidas acumuladas em diversas gestões municipais como sendo de responsabilidade, exclusiva, do atual deputado estadual Eduardo Alencar, todo esse discurso deverá ser confrontado com um gasto tão grande, numa decoração de Natal que, claramente, já não serve mais ao seu propósito.

Nunca é demais lembrar que ano que vem, 2020, teremos eleições municipais.

Se quiserem fazer prevalecer o argumento de que, em outras gestões, nunca houve decoração da cidade com vila Natalina, terão que rever os números, pois irão ouvir contra-argumentos relacionados à situação da saúde pública, que ano que vem, já se inicia com uma redução de quase 800 mil reais no novo contrato firmado com a empresa que assumirá a administração do hospital municipal.

É possível que, a partir de janeiro, o ‘anexo‘ passe a oferecer aos povo Simõesfilhense, apenas exames de xixi e cocô.

As luzinhas que irão piscar na Praça durante o final de ano, poderão continuar piscando por longas noites ao redor da cabeça do prefeito, todas as vezes que ele tentar acusar o ex-gestor de endividamento do município.

Sem perceber, Dinha criou e colocou ao alcance de todos, o seu calcanhar de Aquiles.

Em tempo; a expressão Calcanhar de Aquiles é uma expressão popular que significa o ponto fraco de alguém e transmite a ideia de fraqueza e vulnerabilidade. É o ponto onde uma pessoa se sente mais frágil, não possuindo domínio suficiente para controlar uma determinada situação.