Conecte conosco

Brasil

Witzel pede informações ao STJ sobre possível afastamento do cargo, diz coluna

De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, o pedido foi endereçado ao relator do caso na Corte, ministro Benedito Gonçalves, e o pleito reforça o direito da defesa de ter acesso ao material, constante das investigações sobre supostos desvios na Saúde do Rio, diante da gravidade da ordem supostamente requerida.

Publicado

em

Metro1 – A defesa do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, apresentou hoje (10) pedido ao Superior Tribunal de Justiça para ter acesso ao despacho da Procutadoria-Geral da República (PGR), sobre um possível pedido de afastamento do chefe do Executivo carioca.

De acordo com a coluna Radar Online, da revista Veja, o pedido foi endereçado ao relator do caso na Corte, ministro Benedito Gonçalves, e o pleito reforça o direito da defesa de ter acesso ao material, constante das investigações sobre supostos desvios na Saúde do Rio, diante da gravidade da ordem supostamente requerida.

Um dos fatores que ampliaram a tensão em torno do Palácio Guanabara no fim de semana foi a soltura do ex-secretário de Saúde Edmar Santos, que fechou delação premiada com a PGR. Santos deixou a prisão na noite de quinta. 

Na esteira do pedido de libertação do delator é que poderiam ter sido requeridos pela PGR outras medidas contra o governador.

P U B L I C I D A D E